007 CONTRA SPECTRE (2015)

007 Contra Spectre | Spectre | dir. Sam Mendes | Reino Unido | ★★

007 Contra Spectre Poster

Eu sempre gero uma alta expectativa pra saber qual é o primeiro filme que eu vejo no ano e, consequentemente, se terei sorte para começar com o pé direito. Eu particularmente não estava esperando grande coisa de “007 Contra Spectre”, que quase passou batido nas rodas de conversas no ano passado, sendo muito mais noticiado pelo fato de ter uma música de Sam Smith na trilha (a soporífera Writing’s on the Wall) e ser provavelmente a última vez que veremos Daniel Craig encarnando o agente 007 após “007 – Cassino Royale” (2006), “007 – Quantun of Solace” (2008) e “007 – Operação Skyfall” (2012). Gosto muito do filme anterior, muito por conta da abertura que deram ao novo, coisa que no atual praticamente não existe. Em “007 Contra Spectre” estamos diante de um James Bond (Daniel Craig) clássico, pragmático, galanteador e sério. O que mais me impressiona é o fato de que deveria ser justamente nesse trabalho que o tom esperado fosse mais sombrio, pois revelações de cunho pessoal não se intimida em vir. O longa se inicia com uma ótima sequência em pleno Dia dos Mortos no México, onde James Bond evita um ataque contra civis matando um dos mafiosos. Seguindo uma dica de sua antiga encarregada, ele vai parar em Roma para o velório do assassinado, quando começa a receber dicas sobre uma organização chamada Spectre. É esse grupo que poderá relacionar os três últimos vilões vistos em 007. Para isso, ele contará com a ajuda da doutora Dra. Madeleine Swann (Léa Seydoux), Q. (Ben Whishaw) e Moneypenny (Naomie Harris). Enquanto isso, o atual M. (Ralph Fiennes) tenta lutar contra o enfraquecimento do serviço secreto britânico defendendo a permanência dos agentes com licença para matar. Eu confesso que estava de peito aberto para gostar de “007 Contra Spectre”, mas não rolou. O que mais pesou nem foi a falta de uma carga dramática maior dada ao personagem. E falo isso não só pela razão de ser um filme cuja testosterona tende a falar mais alto, mas é precisamente porque a trama permitia tal peso.

Filmes Relacionados:

007 – Operação Skyfall (2012)

Resumo
Data
Título
007 Contra Spectre
Avaliação
21star1stargraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.