A BOA MENTIRA (2014)

A Boa Mentira | The Good Lie | dir. Philippe Falardea | EUA | ★★

A Boa Mentira Poster

Eu ainda não sei ao certo o que me fez querer ver “A Boa Mentira“, filme que me parece ter tido uma pretensão muito maior, mas que acabou se tornando uma fita B, a ponto de estrear no Brasil diretamente no Netflix. Talvez o fato de ser mais um exemplar de prestígio de Reese Witherspoon, que, confesso, tem me encantado. A moça vem crescendo como atriz (é forte candidata ao Oscar de melhor performance nesse ano por “Livre”) e produtora (é uma das responsáveis por “Garota Exemplar”). Também é somado o fato de ser o novo trabalho – o primeiro nos EUA – do diretor Philippe Falardeau, o mesmo do excelente “O Que Traz Boas Novas” (2011). O drama irá relatar, numa única história, o sofrimento de crianças sudanesas que ficaram totalmente desabrigadas quando eclodiu a guerra civil no ano de 1987. Muitas conseguiram chegar a pé em outros países africanos, onde esperaram em campos de refugiados por uma oportunidade de irem para a América. Em 2001, quatro desses agora jovens adultos que cresceram juntos conseguem o asilo político, ao que serão recebidos pela mal-humorada assistente de serviço Carrie (Reese Witherspoon). Trata-se, sim, de um filme em que o acolhimento dos norte-americanos é completamente elevado. Nada mais natural, afinal, é uma produção deles e, se a intenção não é ruim, por que não vangloriá-la? O roteiro é bem esquematizado, passando por algumas escolhas que, particularmente, considero muito comuns na maioria das vezes, mas que atingem o bom grado do público, como os conflitos internos, os risos provocados pelo choque cultural, o reflexo de um contexto sócio-político de grande repercussão (nesse caso o 11 de setembro) ou o bom e velho melodrama resultado dos encontros e desencontros do destino. Por outro lado, a introdução de “A Boa Mentira”, que mostra todo o trajeto de sobrevivência daquele grupo de crianças, foi muito acertado. Afinal, são eles os protagonistas, logo, está ali o enfoque com direito à nossa piedade e simpatia. Reese Witherspoon é apenas parte do pacote.

Resumo
Data
Título
A Boa Mentira
Avaliação
21star1stargraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments

2 Comentários

  1. Vi esse filme aparecer na Netflix mas fiquei meio com preguiça de assistir.
    Apesar da sua classificação seu texto me deixou com uma leve curiosidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *