A CASA DO ESPANTO (1995)

A Casa do Espanto ​|​ ​House​ ​|​ ​dir.​ ​Steve Miner ​|​ EUA ​|​ ​★★

A Casa do Espanto Poster

Eu achava que já havia assistido a este A Casa do Espanto, mas depois percebi que não. Ou pelo menos a minha memória o esqueceu completamente. Acreditei, por um rápido momento, que seria um terror que se levasse a sério, principalmente porque tem a produção do esforçado Sean S. Cunningham e a direção de Steve Miner (“Sexta-Feira 13 Parte 2“, “Eternamente Jovem”). No entanto, não passa de um “terrir” (subgênero que soma características de terror e comédia, não necessariamente nessa ordem) bem bobo, beirando o infantil. O enredo é tosco, a direção é modesta e, só pra vocês terem uma ideia, rola pelo menos dois números musicais! E nem são músicas que valem a pena. Tudo é protagonizado por Roger Cobb (William Katt, que fez o loiro de cabelos encaracolados que convida Carrie para ser sua acompanhante no baile), um escritor que passou por um divórcio com a atriz Sandy (Kay Lenz) após o filho do casal simplesmente sumir na casa da uma tia. Depois que essa mesma tia morre, a casa dela passa a ser uma opção de Roger para se refugiar e escrever mais um sucesso editorial, dessa vez narrando seus traumas pós-Guerra do Vietnã. O que pode atrapalhar, além da casa ser mal-assombrada, é um vizinho intrometido (George Wendt) e outra vizinha (Mary Stavin) que deve ser uma das mães mais irresponsáveis que você poderá conhecer. O mais interessante – por assim dizer – de A Casa do Espanto é o fato de dar complexidade ao personagem através Transtorno de Estresse Pós-traumático depois da guerra, algo bastante presente no cinema após a década de 70. Com isso, os filmes ressignificaram o sentido heroico de Vietnã. Já como filme de gênero, A Casa do Espanto falha drasticamente. Os monstrengos não chegam a ser amedrontadores (muito pelo contrário!), a não ser, é claro, que você seja uma criança. Daí tudo bem.

Resumo
Data
Título
A Casa do Espanto
Avaliação
31star1star1stargraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.