A CENTOPEIA HUMANA (2009)

A Centopeia Humana | The Human Centipede – First Sequence | dir. Tom Six | EUA | ★

A Centopeia Humana Poster

Custo a acreditar que “A Centopeia Humana” tenha causado tanta controvérsia (mesmo que passageira) por aí. O que era para ser uma bizarrice acaba virando um “terror” absolutamente previsível. E se isso não bastasse, possui o agravante de tentar enrolar com seus vários minutos de cenas improdutivas, um elenco tão ruim que chega a dar pena e uma produção amadora. Lindsay (Ashley C. Williams) e Jenny (Ashlynn Yennie) são duas garotas norte-americanas em passeio pela Europa. Na Alemanha, ao tentar ir a um clube noturno, o carro delas quebra em meio à penumbra de uma estrada inóspita. Com medo e sem ter a quem pedir auxílio, elas vão ao único lugar avistado: uma casa no meio da floresta. A residência é do Dr. Heiter (Dieter Laser), renomado cirurgião que dopa as duas moças. Ao acordarem, elas presenciam o discurso do cientista, que apresenta seu projeto inovador. Sua pretensão é unir três humanos através do tubo gástrico, ligando a boca de um ao ânus do outro para, então, formar a “centopeia humana” do título. Incompetente ao extremo, o diretor e roteirista Tom Six passa longe de produzir algo no mínimo apreensível. O enxame de clichês é absurdo. O ator Dieter Laser é provavelmente o melhor trabalhado dentre o elenco. O que NÃO É um elogio, tendo em vista a absoluta falta de talento do casting. “A Centopeia Humana” é um fracasso no que se propôs a fazer. Não funciona como terror (apesar de saber que em algum mundo paralelo alguém se assuste com isso), nem como suspense ou até mesmo uma fita sádica. Não funciona em basicamente nada e a minha esperança ao ver o filme era de que tudo explodisse e ponto: créditos finais. Se fosse de fato acontecer, que pelo menos não enrolassem 1h30m pra resolver aquilo. E o pior, tudo isso é apenas uma “primeira sequência”. Uma grande primeira bomba.

Filmes Relacionados:

A Centopeia Humana 3 (2015)

Resumo
Data
Título
A Centopeia Humana
Avaliação
11stargraygraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *