A CRIADA (2016)

A Criada | Ah-ga-ssi | dir. Chan-wook Park | Coreia do Sul | ★★★★★

40ª Mostra Internacional de São Paulo

A Criada Poster

A Criada” foi o título mais concorrido que eu conferi na Mostra de São Paulo até agora. A alta procura tem nome: Chan-wook Park. O diretor coreano é o mesmo que fez anteriormente obras controversas como “Oldboy” (2003), “Lady Vingança” (2005) e “Sede de Sangue” (2009), e aqui faz uma adaptação do romance de Sarah Waters que se passa na Londres do séc. XIX, mas com detalhes que fazem toda a diferença. Aqui estamos em 1930, quando a Coreia se encontrava ocupada pelo Japão. O vigarista Fujiwara (Jung-woo Ha) planeja conquistar Kouzuki (Jin-woong Jo), uma bela japonesa que irá herdar uma fortuna e se encontra na casa do tio, onde foi treinada como contadora de histórias picantes. A ideia de Fujiwara é casar com Kouzuki e logo interna-la num hospício para ter o caminho livre para a grana da moça. Para isso, ele conta com a ajuda de Sook-Hee (Kim Tae-ri), uma batedora de carteira que vai trabalhar como criada de Kouzuki para facilitar a conquista do pretendente interesseiro. Já posso dizer que “A Criada” está numa briga como o melhor filme que vi na Mostra até agora. Tudo é de muito bom gosto. A direção calculada do experiente Park, o figurino, a direção de arte, o texto, as atuações, enfim… tudo suntuoso, sem cafonice e – o que é melhor – tem todos os elementos que agradam uma história repleta de reviravoltas e personagens dúbios. É como se misturassem a ardilosidade de “Ligações Perigosas” (1988) com um pouco da luxúria de “Azul é a Cor Mais Quente”. Curiosamente, foi a única obra da qual assisti que resultou em aplausos no final da sessão sem que esteja ninguém da equipe presente. Quando “A Criada” estrear no circuito por aqui – o que está previsto para acontecer apenas em 2017 – será um prazer recomendar para todos garantirem o seu lugar no cinema.

Resumo
Data
Título
A Criada
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.