A ERA DO RÁDIO (1987)

A Era do Rádio | Radio Days | dir. Woody Allen | EUA | ★★★★★

A Era do Rádio Poster

A Era do Radio” é um Woody Allen poeticamente nostálgico. Ele irá relatar a era de ouro do rádio estadunidense, muito provavelmente baseando-se nas reminiscências de sua infância. Nem preciso dizer que, durante a década de 40 (quando se passa o filme), a televisão ainda era uma novidade elitista e o rádio, portanto, era mais do que um acessório elétrico, e sim o motivo pelo qual a família inteira se reunia para ouvir seus programas, que na época eram campeões de audiência.

Narrado pelo próprio Woody Allen, acompanhamos o cotidiano do pequeno Joe (Seth Green), um garotinho ruivo que cresce numa região periférica de Nova York, onde vive sua devota família judia (percebam daí as similaridades com o próprio Woody). Vivem todos juntos os pais de Joe, os avós, os tios que sempre estão se alimentando de peixe, a prima que adora Carmem Miranda e a tia Bea (Dianne Wiest), uma solteirona que não vê a hora de encontrar um marido. Paralelamente, acompanhamos a saga da vendedora de cigarros Sally (Mia Farrow), que sonha fazer sucesso como cantora no rádio, mas enfrenta problemas por conta de sua dicção. E não só.

O mais divertido em “A Era do Rádio” – que fora lançado no mesmo ano do doloroso “Setembro” – é descobrir como era a relação do rádio e a sociedade. Para isso, Woody Allen retrata alguns momentos-chaves, como o programa de Orson Welles que narrou uma invasão marciana (na época, muita gente chegou ao suicídio), o dramático resgate de uma garotinha que caiu num poço, os ataques contra a base norte-americana de Pearl Harbor e a iminente Segunda Guerra Mundial. Além disso, o rádio ainda oferecia programação diversificada, que reunia games, musicais, apresentações de ventríloquos e aventuras de super heróis. O 16º filme dirigido Woody Allen (não estou considerando a brincadeira que foi “O Que Há, Tigresa?”) conta com participações de Jeff Daniels, Danny Aiello (ambos também estiveram presente em “A Rosa Púrpura do Cairo”, assim como Mia Farrow) e Diane Keaton em rápida aparição.

Resumo
Data
Título
A Era do Rádio
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Um comentário

  1. Gostei muito do seu texto, além de você contar a própria história do filme, ainda retratou a importância do rádio naquela época.
    Muito bom, parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *