A FILHA (2015)

A Filha ​|​ ​The Daughter​ ​|​ ​dir.​ Simon Stone ​|​ Austrália​ ​|​ ​★★★

A Filha Poster

A peça O Pato Selvagem, do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen (1828–1906) causou furor quando teve a sua primeira adaptação encenada nos idos de 1884. Isso porque o autor tinha um jeito peculiar de falar sobre a sociedade daquela época em meio à busca de uma verdade num contexto que ela poderia se tornar “desnecessária” (coloco a palavra entre aspas muito mais para elucidar a questão dessa não necessidade). A peça foi a fonte de onde bebeu Simon Stone, ator australiano que escreveu esta adaptação, além de fazer a sua estreia como diretor. A Filha foi um grande sucesso no prêmio de maior importância de sua terra natal – Austrália – com destaque para o elenco estelar. A trama de Ibsen é transportada para uma pequena cidade australiana contemporânea prestes a entrar em decadência após o empresário Henry (Geoffrey Rush bem apagado) anunciar que irá fechar a madeireira da família, que serve de emprego para boa parte da população. Henry também irá se casar logo em breve, e para isso chega o seu filho único, Christian (Paul Schneider), que luta contra o alcoolismo desde que sua mãe se suicidara. Seu amigo de infância, Oliver (Ewen Leslie), vive tranquilo com a esposa (Miranda Otto), a filha adolescente (Odessa Young) e o pai (Sam Neil), mas um segredo irá acabar afetando a vida de todos. A Filha é um filme que vai crescendo ao longo da história, ainda que eu não me agrade com a maneira como o texto vai dispersando pontas soltas e personagens quando estes já não são mais necessárias para a engrenagem funcionar. Por outro lado, a reflexão oferecida por Ibsen se manteve presente, nos colocando em meio a uma situação onde a “mentira vital” não comprometeu a felicidade de uma família, ao passo que àquele obcecado pela verdade a qualquer preço pode não garantir lá muito coisa.

Resumo
Data
Título
A Filha
Avaliação
31star1star1stargraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.