A GAROTA IDEAL (2007)

A Garota Ideal | Lars and the Real Girl | dir. Craig Gillespie | EUA | ★★★★★

A Garota Ideal Poster

Lars (Ryan Gosling) é um rapaz tímido e retraído. Não tem amigos e tampouco namorada, e vive na garagem dos fundos da casa do irmão mais velho, Gus (Paul Schneider) e sua cunhada grávida Karim (Emily Mortimer), que se preocupa com a decisão do rapaz em se isolar cada vez mais. Certo dia, depois do comentário de um colega de trabalho, Lars resolve comprar uma boneca inflável de tamanho e peso proporcionais a uma garota real, a qual ele chama de Bianca. No entanto, a boneca não seria para satisfazer seus prazeres sexuais, e sim a sua nova namorada. Diante da perplexidade da situação, família e amigos resolvem ajudá-lo dando credibilidade aos seus devaneios. A história contida em “A Garota Ideal” pode parecer um besteirol absurdo protagonizado por um virgem delirante. No entanto, está aqui uma das comédias dramáticas mais profundas que (re)vi nos últimos anos. Tenho o DVD desse filme na casa dos meus pais e, no último final de semana, o peguei meio que sem lembrar muito da história. E foi tocante. O roteiro original, escrito pela pouco conhecida Nancy Oliver (seus créditos apontam alguns episódios da maravilhosa série de TV “À Sete Palmos”), foi indicado com louvor ao Oscar da categoria. Também pudera. Trata-se de um estudo de personagem honesto, que paira muito bem no humor negro para descamar suas justificativas em torno de suas perdas e na maneira como lida com isso. Junto com uma difícil interpretação de Ryan Gosling (indicado ao Globo de Ouro pelo papel), aceitamos não somente o fato de seu par romântico ser inanimado, mas também ser a “pessoa” que mais o ajuda a descobrir o que é o afeto. “A Garota Ideal” ganha pontos justamente por passar sua moral de maneira solene, sem afetação – o personagem central cairia facilmente numa caricatura senil se não fosse tomado o devido cuidado – e por não ser óbvio em sua totalidade. É daqueles filmes que é sempre bom ter na sua coleção pra rever sempre que quiser restaurar um pouco a fé na humanidade.

Resumo
Data
Título
A Garota Ideal
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

4 Comentários

  1. Numa bela tarde, assistir 3 filmes, tipo sessão Ryan Gosling: rever tolerância zero, Half Nelson (ele faz papel de uma professor viciado em crack) e essa pequena obra prima..não tem preço, para todas as outras existe…kkkkkkkkkkk
    Você citou à sete palmos?? Inesquecível!!!! abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.