A GHOST STORY (2017)

A Ghost Story | dir. David Lowery | EUA | ★★

A Ghost Story Poster

Ontem eu finamente vi este A Ghost Story, que alguns amigos vêm me indicando como um dos mais originais lançados ao longo do ano (chamou muita atenção no último Festival de Sundance). Na realidade, a obra foi vazada na internet aqui no Brasil (em boa qualidade) e não duvido muito que encontre o seu público legalmente em streaming num futuro próximo. O diretor e roteirista é David Lowery, que antes fez trabalhos como “Meu Amigo, o Dragão” (2016) e “Amor Fora da Lei” (2013). Por sinal, ele reúne também os atores principais deste último que citei, no caso Casey Affleck e Rooney Mara. Eles interpretam um casal hipster que moram juntos numa linda casa, e parecem estar apaixonados um pelo outro. Até que ele morre num acidente de carro e “volta” como um fantasma coberto por um lençol, bem ao modo dos fantasmas infantis. Ele caminha até a sua casa, onde a namorada vive o luto, mas toca a vida como pode. Por ora, é só isso que dá para contar, mas é claro que A Ghost Story irá muito além numa proposta existencialista que irá fazer com que seus espectadores reflitam sobre memória, o tempo, afeição, amor…. e por aí vai. Eu confesso que, em praticamente todo o filme, o achei tedioso. Algumas cenas são tão exaustivamente longas e observacionais, que achei que o arquivo estivesse com algum problema. Lembrando que isso não seria necessariamente ruim, caso eu fosse recompensado com uma obra que tocasse de alguma forma. Coisa que A Ghost Story, infelizmente, não concedeu. E digo infelizmente porque eu estava de coração aberto. Também não tenho nada contra pretensão no cinema. Afinal, todo filme de certa forma é pretensioso. Mas A Ghost Story pesou na mão, e deixou inclusive a sua forma (que evidencia o formato 4:3 da tela) muito maior do que sua mensagem final.

Resumo
Data
Título
A Ghost Story
Avaliação
21star1stargraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments