A REPOSSUÍDA (1990)

A Repossuída | Repossessed | dir. Bob Logan | EUA | ★

A Repossuída Poster

Na minha review sobre o filme “O Exorcista” (1973), eu comentei que a garota Linda Blair chegou a tirar sarro do seu próprio trabalho num outro filme chamado “A Repossuída”. Levado pela curiosidade, fui conferir a paródia que fora lançada em 1990 com direção de um tal Bob Logan (“Almôndegas 4”). Blair teria a chance de voltar aos holofotes após anos no ostracismo depois de definhar a sua carreira, marcada pelas polêmicas trazidas pela sua interpretação mais famosa (chegou a receber ameaças de morte por grupos religiosos mais extremistas) e principalmente pela detenção por porte de cocaína aos 18 anos, fazendo com que sua rejeição aumentasse ainda mais. “A Repossuída” também é estrelado pelo comediante Leslie Nielsen (1926-2010). Ele interpreta o Padre Jebedaiah Mayii, que nos anos 70 foi responsável pela expulsão do demônio do corpo da adolescente Nancy (Blair). Alguns anos depois, Nancy agora é uma esposa e mãe de dois filhos, e inesperadamente volta a ser possuída pelo mesmo demônio. A ideia de “A Repossuída”, assim como boa parte dos filmes estrelados por Nielsen, é fazer o máximo de piadas por segundo na tela. Algumas são esdrúxulas, outras são até engraçadas, porém de um jeito que a gente ri pela culpa em ter achado aquilo engraçado. Não se trata de um caso a ser levado a sério, muito embora tenha uma inclinação até mesmo perigosa em brincar com diversos símbolos da Igreja, não poupando os trajes das freiras, a Bíblia ou a crítica aos bizarros programas religiosos que não são raros nem mesmo nas grades televisivas de hoje em dia. De um modo geral, “A Repossuída” é pouco aproveitável, servindo muito mais como um capítulo impagável da carreira de Linda Blair. A sorte dela é que o filme é bem pouco conhecido.

Resumo
Data
Título
A Repossuída
Avaliação
11stargraygraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.