AMORES INVERSOS (2013)

Amores Inversos | Hateship Loveship | dir. Liza Johson | EUA | ★★

Amores Inversos Poster

Pelo menos por essas bandas brasileiras talvez poucos se deram conta da chegada de “Amores Inversos”, justamente porque passou longe das salas de cinema, indo direto para home vídeo (um mercado que por si só tem ficado obsoleto). O fato é que, apesar de não ser nenhuma joia, é uma pena que trabalhos como esse – cuja intenção principal não é necessariamente ser um sucesso de bilheteria, mas servir de prestígio – sejam tão relegados. Essa na verdade é a prova de fogo de uma comediante, nesse caso a impagável Kristen Wiig, que para quem não a conhece dos tempos de “Saturday Night Live”, certamente já riu muito dela em “Missão Madrinha de Casamento” (2011). Aqui ela interpreta Johanna Parry, uma cuidadora que após morte de sua última cliente é indicada para cuidar da adolescente Sabitha (Hailee Steinfeld), que mora com seu avô (Nick Nolte, envelhecido a ponto de eu quase não o reconhecer) depois de perder a mãe num acidente supostamente causado pelo seu pai, o viciado Ken (Guy Pearce). Sabitha, junto com uma amiga de escola, acaba forjando correspondências de seu pai para a babá, que fica iludida por Ken e parte rumo ao encontro do amado. Mas será que Johanna será correspondida? Filmes que possuem personagens que perfazem situações poucos convincentes dificilmente caem no meu agrado. Pra um romance funcionar, então, é preciso ter interesse pelo casal principal, ainda mais quem é responsável pelas atribuições que vão desencadear as situações assistidas. Johanna, nesse caso, é estranha demais e pouco se mostra intrigante. Mas, como havia dito, “Amores Inversos” não está muito interessado em ser unanimidade, mesmo que ninguém menos que os irmãos Weinstein estejam por trás da produção. Com direção de Liza Johson através de história escrita por Alice Munro (a mesma que também escreveu “Longe Dela”, de 2006), esse “Amores Inversos” certamente encontrará um público mais aberto à ele. O que não dá pra relevar é que, diante de um bom elenco, o filme pelo menos não é completamente aborrecível.

Resumo
Data
Título
Amores Inversos
Avaliação
21star1stargraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.