ANIMAIS NOTURNOS (2016)

Animais Noturnos ​|​ ​Nocturnal Animals​ ​|​ ​dir.​ ​Tom Ford ​|​ ​EUA​ ​|​ ​★★★

Animais Noturnos PosterDurante a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo ano passado, “Animais Noturnos” virou assunto nas mesas de bar entre amigos cinéfilos que estavam aproveitando o festival. Eu fiquei sempre alheio às opiniões porque não consegui ver o filme, que sempre estavam com sessões lotadas (na realidade nem era uma prioridade minha, porque já tinha data pra estrear logo depois no Brasil). A minha impressão é que a maioria não havia gostado do novo trabalho do diretor Tom Ford, que fez um grande hiato desde a sua notória estreia com “Direito de Amar” (2009). Faz tanto tempo que eu nem tinha esse blog ainda. Aqui ele também assume o papel de roteirista, baseado no livro de Austin Wright. Na realidade, Ford pretendia fazer dois filmes distintos, mas acabou cedendo ao desafio que seria montar um filme com três linhas importantes para o filme como um todo. Amy Adams – cada vez mais sedenta pelo seu Oscar – interpreta Susan Morrow, uma galerista que passa uma crise no atual casamento, que ganha novos contornos após receber o manuscrito de um livro escrito pelo ex-marido (Jake Gyllenhaal) que ela não vê há quase duas décadas. A partir de então ela lê a história, sendo afetada pelos acontecimentos escritos, notadamente encharcado de violência, arrependimentos e expurgação. Por conta desse desafio em se manter coerente com essas três camadas, posso dizer que “Animais Noturnos” me agradou. Não completamente, porque o filme sofre da afetação do Tom Ford, que nem sempre é necessária para uma história que força um pouquinho no clímax de um dos núcleos. É um filme requintado, com grande apuro visual e uma trama que exige bastante do espectador. E o mais curioso é que a obra suscita discussões interessantes sobre a superação emocional. Pena que as conversas que vi esvaziaram isso completamente.

Resumo
Data
Título
Animais Noturnos
Avaliação
31star1star1stargraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.