AOS TEUS OLHOS (2017)

Aos Teus Olhos | dir. Carolina Jabor | Brasil | ★★★★

41ª Mostra Internacional de São Paulo

Aos Teus Olhos Poster

É quase impossível assistir a Aos Teus Olhos e não lembrar de “A Caça” (2012), um filmaço dirigido pelo dinamarquês Thomas Vinterberg. Isso porque ambos retratam um caso em que uma criança acusa – talvez por mera inocência – um adulto de abuso. Se resumíssemos o mote dos dois longas apenas dessa maneira, a comparação é válida. No entanto, os dois trabalhos divergem na abordagem. Em Aos Teus Olhos, a situação é ainda mais complexa, porque não tem como definirmos, de imediato, o que aconteceu com Alex, uma criança que fala para a sua mãe (Stella Rabello) que o seu professor de natação lhe deu um beijo na boca, algo que cai como uma bomba também para o pai do garoto (Marco Ricca). O professor acusado é Rubens (Daniel de Oliveira), que é dedicado aos alunos, extrovertido, e sempre foi alguém de confiança da diretora do clube (a excelente Malu Galli), que tem o difícil papel de ser a condutora da acusação e defesa num primeiro momento. O filme, que marca o encontro entre a diretora Carolina Jabor (“O Mistério do Samba, “Boa Sorte”) e o roteirista Lucas Paraizo (“Divinas Divas”, “Gabriel e a Montanha”) é interessante justamente por deixar o turbilhão dos acontecimentos ser instaurado pelas redes sociais. A mãe do garoto supostamente assediado exerce a sua indignação através de aviso em grupo de whatsapp e um post na página do clube no Facebook. Daí já se prevê as consequências que isso pode trazer numa era em que o linchamento virtual já é uma realidade. A situação é muito delicada e, querendo ou não, produz situações que serão difíceis de serem contornadas. Já que, mesmo que se prove o contrário, é uma marca que Rubens pode levar uma vida para se desvencilhar. Para as pessoas, isso não importa. Uma vez chamado de pedófilo, é assim até morrer. E a internet, diante do mau uso que fazem desta, só potencializa essa característica.

Resumo
Data
Título
Aos Teus Olhos
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments