AS NEVES DE KILIMANJARO (2011)

As Neves de Kilimanjaro | Les Neiges du Kilimandjaro | dir. Robert Guédiguian | França | ★★★★★

As Neves de Kilimanjaro Poster

É importante não confundir esse filme com a história contada por Ernest Hemingway em 1936, muito menos com a produção de 1952 estrelada Gregory Peck e Ava Gardner. “As Neves de Kilimanjaro” é uma obra francesa, dita para o mundo. Michel (Jean-Pierre Darroussin) e Marie-Claire (Ariane Ascaride) estão prestes a fazer bodas de casamento. Ele é um ex-sindicalista que acaba de ser demitido da firma, mas que pelo menos está para receber sua tão esperada aposentadoria. Ela é diarista, mas apesar dos apertos, o casal não está em grandes dificuldades, já que possuem sua propriedade e os filhos já estão criados. O que resta, portanto, é esperar a tão sonhada viagem para conhecer Kilimanjaro (região fronteiriça entre o Quênia e a Tanzânia). Infelizmente, um assalto violento faz com que percam o dinheiro da viagem. Coincidentemente, Michel acaba descobrindo quem foi um dos executantes do assalto e, após entrega-lo à polícia, ele terá que lidar com os motivos por trás da decisão do meliante. Se fosse outro filme qualquer, “As Neves de Kilimanjaro” poderia ser uma história sobre um assalto e seus efeitos na vida das vítimas. Aqui, entretanto, o que será abordado, além desses mesmos efeitos (porque existem, obviamente) é falar sobre o outro lado, retratando o executor, aquele que, pela sociedade, deverá pagar pelo crime. Mesmo sendo a lei da ação e reação (quem comete um crime, deve pagar), o roteiro escrito pelo também diretor Robert Guédiguian, baseado em história de Victor Hugo, vai brincar com as circunstâncias. O que norteou o assaltante? Qual seria o grau de seu desespero? A discussão vai dar caldo para os problemas inerentes do capitalismo e suas crises. “As Neves de Kilimanjaro” se torna, ao longo do percurso, um filme exatamente do jeito que eu gosto, com seus personagens tão bem trabalhados, que a história fica ao ponto de se tornar imprevisível. E, nesse caso, a superficialidade passa longe.

Resumo
Data
Título
As Neves de Kilimanjaro
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *