BOI NEON (2015)

Boi Neon | dir. Gabriel Mascaro | Brasil | ★★★★★


Boi Neon PosterBoi Neon” é mais uma excelente prova de que o cinema nordestino – em especial o pernambucano – ainda está em alta como nossos representantes mundo afora. Este chegou a ser premiado em festivais como os de Veneza e Toronto, além de ter conquistado parte do público da Mostra de Cinema em São Paulo ano passado. É dirigido por Gabriel Mascaro (“Ventos de Agosto”) e traz uma excelente interpretação de Juliano Cazarré, que hoje é muito conhecido por fazer papéis em novelas globais, mas também tem um bom currículo cinematográfico (“Bruna Surfistinha”, “A Febre do Rato” e “O Lobo Atrás da Porta” são alguns exemplos). Ele interpreta Iremar, um vaqueiro que viaja pelo árido sertão nordestino preparando o gado para apresentações populares conhecidas como vaquejadas (já vi algumas na infância e hoje não suporto nem olhar). Entre seus colegas itinerantes está Galega (Maeve Jinkings), que dirige o caminhão boiadeiro e é sempre acompanhada pela filha Cacá, que cresce sem o pai e se recusa a morar com os avós e estudar. Iremar, apesar de xucro e calejado pelo trabalho árduo, não esconde o seu sonho em ser estilista, algo denotado quando desenha suas roupas nas mulheres nuas que estampam revistas masculinas. Um dos pontos a favor de “Boi Neon” é não tornar o protagonista numa caricatura. Não existe uma afetação, muito menos previsibilidades na subversão de gênero aqui presente. O homem costura, a mulher conserta o caminhão, e isso se mostra natural na maior parte do tempo. A relação dada entre os personagens é ótima, assim como o roteiro seguro, que me manteve interessado numa história que não se compromete em se sustentar em trama. Ou seja, “Boi Neon” não é uma história com desdobramentos, e sim um exercício de observação. Portanto, não diminua a obra como um “nada acontece”, porque a proposta aqui é outra. Para um nordestino como eu, muitas peculiaridades parecem ter sido sentidas mais facilmente, evidenciando até mesmo um saudosismo causado pela presença de Mastruz com Leite na trilha sonora. É de cara um dos melhores filmes nacionais de um ano que acaba de começar.

Resumo
Data
Título
Boi Neon
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.