CIDADE DE DEUS (2002)

Cidade de Deus | dir. Fernando Meirelles, Kátia Lund | Brasil | ★★★★★

Cidade de Deus Poster

O excelente “Cidade de Deus” é um de nossos trabalhos de maior sucesso tanto aqui quanto mundo afora. Após inúmeros prêmios internacionais, a Miramax chegou a insistir numa campanha internacional antes perdida para o Oscar. O resultado deu 4 indicações ainda inéditas para o Brasil. Incrivelmente bem interpretado por um grupo de atores em parte amador, trata-se de um longa impecável para quem busca entretenimento e/ou discussões sociopolíticas interessantes. O desafio maior talvez tenha sido contar uma história com tantos personagens e passagens necessárias. O centro em grande parte fica com Buscapé (Alexandre Rodrigues), um morador da Cidade de Deus que sonha em ser fotojornalista. Ele remonta o contexto da favela ainda nos 60. Já nos anos 70, Buscapé, agora adolescente, acompanha a guerra sangrenta para dominar o tráfico. A direção de Meirelles – que divide os créditos com Kátia Lund – é algo que fez toda uma classe artística focar em suas inovações, mas o que mais me chamou a atenção foi o excelente apuro da montagem, que consegue transpor a história da Cidade de Deus em diferentes ângulos, abordagens e contexto histórico nem sempre similares. É simplesmente um trabalho genial. A figura do traficante, que ao mesmo tempo em que defende a tranquilidade dos moradores de um local também é aquele que os explora, é apenas um retrato de uma realidade cruel da periferia de grandes centros urbanos, sem deixar de abordar a polícia corrupta e uma sociedade que não difere os moradores das favelas entre criminosos e quem fica alheio a isso tudo. O final inteligente de “Cidade de Deus” deixa ainda mais claro que não existe um fator único a se combater, e sim uma sucessão de problemas que, para ser trabalhado, precisa de muita reflexão (de nós mesmos também). Muito, muito bom.

Resumo
Data
Título
Cidade de Deus
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.