CISNE NEGRO (2010)

Cisne Negro | Black Swan | dir. Darren Aronofsky | EUA | ★★★★★

Cisne Negro Poster

No balé O Lago dos Cisnes, a jovem princesa Odette sofre o feitiço de um mago e se transforma em um cisne. O tal feitiço só poderá ser quebrado caso um homem a ame exclusivamente. Um príncipe se dispõe a salvá-la, mas a ardilosa Odile o encanta. Desiludida, a princesa se submete a um ato de morte, inconformada pela perda de seu grande amor. A bela obra do russo Tchaikovsky serve de pano de fundo para narrar o mais novo thriller psicológico de Darren Aronofsky. Seguindo sua cartilha visual e narrativa, Aronofsky adentra no inconsciente da bailarina Nina Sayers (Natalie Portman), que depois de anos dedicada a uma companhia de dança, vê a grande oportunidade de realizar seu maior sonho de protagonizar O Lago dos Cisnes após a demissão de Beth M. (Winona Ryder) das apresentações. Mas, para isso, ela terá que conquistar a confiança do idealizador Thomas (Vincent Cassel) e enfrentar a rivalidade da colega Lily (Mila Kunis). A transformação psicológica de Nina é efetivamente a melhor coisa a se acompanhar em “Cisne Negro“. Não que seja o único triunfo, mas analisar a forma como é feita a transição de sua personalidade é o grande barato do longa, que apresenta cenas do próprio balé e imagens oníricas para evidenciar esse processo. Natalie Portman, extremamente magra, se entrega quase às últimas consequências em seu papel. A trilha sonora, o figurino e a fotografia, em conjunto, contribuem para essa sensação de inquietude. Darren Aronofsky, mesmo quando não ousa para diferir-se de seu trabalho habitual, ainda é capaz de finalizar uma criação com vida própria. Até mesmo os efeitos visuais dão ainda mais brilhantismo à coisa toda. A cena em que Natalie Portman se transforma, enfim, em Odile, o cisne negro, tem um trabalho visual impecável. E é com essa belíssima cena que me atenho à lembrança de que “Cisne Negro” mantém o selo Aronofsky de qualidade.

Resumo
Data
Título
Cisne Negro
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *