CORRA! (2017)

Corra! ​|​ ​Get Out​ ​|​ ​dir.​ Jordan Peele ​|​ ​EUA ​|​ ​★★★★

Corra PosterCorra!” deve estrear somente em meados de junho maio aqui no Brasil, mas já vem causando certo burburinho por conta do boca-a-boca premeditado pelo vazamento do filme na internet e o sucesso do público em seu país de origem (até o momento em que escrevo este texto o filme já faturou 4 vezes mais do que custou). Se você ficou curioso, é recomendável não ver o trailer disponível no YouTube. Apesar de não entregar spoilers mais pontuais da resolução da trama, acredito que entrega muita coisa legal da história, o que está sendo algo muito comum em todos os materiais de divulgação atualmente. Da história, o que dá para falar é que o jovem Chris (Daniel Kaluuya) está indo passar um final de semana com a namorada (Allison Williams) na casa dos sogros (Catherine Keener e Bradley Whitford). A ansiedade dele reside no fato de que ele vai conhecer a família da garota, que não contou aos pais que namora um homem negro. Chegando lá, Chris começa a estranhar a maneira de certa forma hospitaleira de todos os moradores do lugar, e em como se repete a velha máxima da família branca de classe média que tem funcionários negros em casa. Em tempos de oscar so white, eleição de Trump e a paranoia do racismo que reacionários custam a acreditar – ou melhor, assumir – que ainda exista, precisou de um filme como este “Corra!” fazer uma metáfora muito bem executada para trazer os mesmos chavões de qualquer outro suspense que você talvez já conheça. E além dessa trama repleta de elementos que agregam essa discussão social, não dá pra dizer que ele não funcione em boa parte do tempo (repare como, em um momento determinado, o protagonista é o único que levanta os braços com a chegada da polícia mesmo que ele seja a vítima da situação). Não chega a ser o melhor suspense do ano, mas vale a boa e atual referência ao “O Bebê de Rosemary” (1968). Somente faça o favor de não ver o trailer!

Resumo
Data
Título
Corra!
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *