DE SALTO ALTO (1991)

De Salto Alto | Tacones Lejanos | dir. Pedro Almodóvar | Espanha | ★★★★

De Salto Alto Poster

De Salto Alto” comprova mais do que a autenticidade de um dos meus diretores preferidos, sendo, basicamente, um de seus exercícios de estilo mais promissores. No início da história, acompanhamos Rebeca (Victoria Abril) esperando o desembarque de um voo vindo do México. Ela aguarda sua mãe, a cantora Becky Del Páramo (Marisa Paredes), que passou os últimos 15 anos fora da Espanha para seguir sua carreira após ficar viúva de seu segundo marido. Mesmo com uma notável mágoa, Rebeca ama sua mãe incondicionalmente e a recebe com o maior carinho. A surpresa de Becky será maior quando descobrir que sua filha, agora uma âncora de telejornal, é casada com o diretor do mesmo programa e fora seu amante quando ainda vivia em Madri. Em meio a um assassinato, um delegado terá que revirar a vida dessas duas mulheres, que estão sentimentalmente ligadas por serem, acima de tudo, mãe e filha. Como já deve ter ficado claro, “De Salto Alto” vai apostar, em grande parte, no melodrama característico de certas obras de Pedro Almodóvar, quase fazendo um limiar com a linguagem novelesca, se for tirado, é claro, o fato de conter um teor incalculavelmente mais subversivo na trama.  Até porque, não é qualquer novela em que vemos um travesti contracenando uma tórrida cena de sexo com a “mocinha da história”, enquanto esta se encontra pendurada, ornando uma meia arrastão e seus sapatos de salto alto. Outro ponto que deve ser levado em consideração é a quantidade de referências que permeiam a obra. “De Salto Alto” bebe da fonte de “Sonata de Outono” (referência óbvia ao filme de 1978 de Ingmar Bergman) e “Imitação da Vida” (o último e maior melodrama de Douglas Sirk, amado desde seu lançamento, em 1959). Ou seja, o filme tem uma série de contas a serem dados os devidos créditos, mas não está nem perto de ser uma cópia ambivalente.

Resumo
Data
Título
De Salto Alto
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

4 Comentários

  1. Adorei conhecer seu site, ainda mais ao descobrir sua paixão pelo diretor de Matador.

    Você leu Fogo nas Entranhas? Não chega a ser tão forte quanto seus filmes, mas, vale a visita.

    abraços

    • Uia, rapaz!

      Valeu pela visita e o comentário. Assim que puder, conhecerei seu espaço também para comentar!

      Bem vindo mesmo. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *