DON’T DRINK THE WATER (1994)

Don’t Drink the Water | dir. Woody Allen | EUA | ★★

Don't Drink the Water Poster

No mesmo ano em que lançou “Tiros na Broadway” (1994), um de seus maiores sucessos, Woody Allen escreveu e dirigiu “Don’t Drink the Water” especialmente para TV, onde foi exibido pelo canal ABC como parte de um pacote das festividades de fim de ano. Trata-se da adaptação de uma peça homônima escrita por Allen em 1966, da qual já havia sido transposta para o cinema em 69 com o título de “Que Sequestro Aéreo!” e dirigido por Howard Morris. O fato que é Allen não gostou muito do que viu e quis gravar a peça do seu jeito. A história se passa nos anos 60, quando os EUA estavam em meio à Guerra Fria. Na embaixada norte-americana localizada em algum país socialista (não fica muito claro em qual, mas acredito que seja mesmo a URSS), um diplomata acaba indo emergencialmente para a América e deixando tudo aos cuidados de seu filho, o incompetente Axel Magee (Michael J. Fox). Prestes a receber a visita de um líder árabe e seu harém, chega até lá a família Hollander, que quase foi morta pelos socialistas por achar que seriam espiões. O medroso Walter Hollander (Woody Allen), junto a sua esposa Marion (Julie Kavner) e a filha Susan (Mayim Bialik), acaba sendo abrigado pela embaixada, mesmo representando uma série de confusões. Devo dizer que não sou grande apreciador de “Don’t Drink the Water”. Achei exaustivamente arrastado e sem graça na maior parte do tempo. Existem exceções, é claro. Um dos exemplos é a chegada dos árabes, ao qual Woody recebe com um “O que é isso? Lawrence da Arábia?” ou as participações fracassadas de um padre mágico, que se encontra exilado por lá há pelo menos seis anos. Mas, de resto, é quase uma sitcom enlatada. O destaque fica para a atriz Julie Kavner e até mesmo a presença da simpática Mayim Bialik. Deve funcionar muito melhor nos palcos.

Resumo
Data
Título
Don't Drink the Water
Avaliação
21star1stargraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.