EDIFÍCIO MASTER (2002)

Edifício Master | dir. Eduardo Coutinho | Brasil | ★★★★★

Edifício Master Poster

Eu jurava que já tinha visto esse “Edifício Master” em algum momento da minha vida. Ainda me recordo de algum documentário de tema similar, mas definitivamente não era essa belíssima obra de Eduardo Coutinho, que, como alguns de vocês devem saber, morreu de forma trágica recentemente. Vi que estavam colocando alguns de seus principais documentários no YouTube (inclusive os que jamais serão encontrados em DVD, como é o caso de “Um Dia na Vida”) e comecei a ver “Edifício Master”. O que era pra durar apenas alguns minutos só pra saber se era mesmo o filme do qual estava pensando, acabei sendo levado pelo filme inteiro. A ideia de Coutinho e sua equipe foi fazer um panorama social dos moradores do Edifício Master, um prédio localizado em Copacabana, Rio de Janeiro. Apesar da área nobre, o prédio é uma grande miscelânea de variados tipos de moradores, prevalecendo os de classe social média-baixa. A razão do fenômeno pode estar muito atrelada ao passado do local, antes um antro de prostituição de mulheres e travestis. São 12 andares e mais 500 moradores que vivem em apartamentos conjugados. Coutinho entrevista alguns deles, que possuem histórias curiosas, trágicas, românticas, inspiradas, dolorosas, mas, acima de tudo, humanas. Entre as que mais me chamaram a atenção, estão a professora de inglês com sociofobia que tem que enfrentar o grande vai e vem de pessoas em Copacabana, o casal de velhinhos que sofre com os ciúmes e a prostituta que revela seu meio de vida com coragem em enfrentar a câmera (e a sociedade). Fica impossível não se identificar com pelo menos uma das histórias presentes no documentário. “Edifício Master” é mais um indício de que Eduardo Coutinho tinha, como especialidade, o poder de resgatar a sensibilidade humana. O mais bizarro disso tudo é concluir que nós, moradores de apartamento, poderíamos nos surpreender ao conversar com alguns dos nossos vizinhos.

Resumo
Data
Título
Edifício Master
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.