ELENA (2012)

Elena | dir. Petra Costa | Brasil | ★★★★★

Elena Poster

Eu confesso que me senti muito culpado em estar tão “intruso” no universo de “Elena”. Em primeiro lugar, é preciso reconhecer que Petra Costa é uma mulher muito corajosa. Afinal, ela remexeu numa das maiores feridas de sua família para desdobrar tudo o que envolve um luto. O curioso é notar que voltar-se para esse passado é um caminho de auto-descoberta. Petra Costa é uma atriz mineira que cresceu ouvindo de sua mãe a frase “você pode ir pra qualquer lugar, menos Nova York. Você pode ser qualquer coisa, menos atriz”. Em 2003, Preta estava se matriculando num curso de teatro em N.Y., exatamente como fez sua irmã, Elena, nos anos 90. As dificuldades da profissão fizeram com que Elena caísse em uma profunda depressão, que culminou em seu suicídio por ingestão de aspirinas e álcool. Com o documentário, Petra se utiliza do grande acervo de VHS e K-7 que sua família produziu por anos e faz um apanhado de tudo o que envolve Elena e seu rastro de saudade. Uma das coisas que mais chama atenção em “Elena” é o seu estilo visual rebuscado, até mesmo fora do convencional. Imagens sintomáticas e quase sem nenhuma profundidade de campo funcionam como a visão da autora, que narra, em forma de carta, tudo o que a irmã representa para ela. O trajeto não é fácil. Essa expectativa gerada e a pressão que insiste em nos boicotar não pouparam Elena, embora ela mesma, obviamente sem saber, acabou se transformando em inspiração para um filme tão belo. Seu olhar distante e sua dança eram seus objetos de (in)compreensão. A cena em que Petra, sua mãe e outras mulheres reavivam Ofélia (personagem shakespeariana que se suicida no rio Avon), culmina numa conclusão libertadora: quando nos sentimos imersos numa dor impalatável, a correnteza da água nos ensina que devemos estar sempre adiante. Este é o devir da natureza e, portanto, do homem.

Resumo
Data
Título
Elena
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Um comentário

  1. Pingback: ELENA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.