ELVIRA – A RAINHA DAS TREVAS (1988)

Elvira – A Rainha das Trevas | Elvira – Mistress of the Dark | dir. James Signorelli | EUA | ★★★★

Elvira A Rainha das Trevas Poster

Faz poucos dias que revi “Elvira – A Rainha das Trevas” e pude concluir que, de fato, de infantil o filme tem bem pouco. Aproveitei que um DVD desse clássico cult caiu em meu colo pra confirmar essa desconfiança. Quem não se lembra da cena final em que a protagonista gira seus seios de maneira coordenada? Impossível esquecer tal cena, que coloca Elvira (Cassandra Peterson) como a personificação da primeira grande drag queen do cinema recente. Nesse que seria o início do sucesso de Elvira, a Rainha das Trevas até então trabalha numa TV local apresentando filmes B de horror, mas sonha em estrelar o seu próprio espetáculo em Las Vegas. Só que para isso ela precisa ter um montante de 50 mil dólares pra financiar seu show. Coincidentemente, Elvira recebe a notícia de que uma desconhecida tia-avó falecera e é convidada para a leitura do testamento. Chegando à pacata cidadezinha em que sua parenta morava, Elvira descobre ter herdado uma casa caindo aos pedaços, um poodle e um livro de receitas que pode explicar as suas origens. Apesar “Elvira – A Rainha das Trevas” conter um texto simples e despretensioso, é interessante acompanhar as aventuras de sua protagonista num lugar em que existe até mesmo uma liga a favor da moralidade. E não tardaria para que Elvira fosse considerada transgressora para os padrões daquele lugar. Na Filosofia Antiga, Sócrates foi condenado à morte pelo povo de Atenas por corromper os jovens da pólis. Elvira seria portanto uma correspondente do filósofo, mas sempre pensando no que é melhor pra si. O filme é repleto de referências que vão desde “O Mágico de Oz” (1939) ao seu contemporâneo “Flashdance – Em Ritmo de Embalo” (1983), e se confirma como um daqueles exemplos que serão muito melhor aproveitados se não forem levados a sério. Cassandra Peterson, a estrela de “Elvira – A Rainha das Trevas“, continua linda com mais de 60 anos e mantém a sua personagem, que ainda fez presença na desconhecida sequência “As Loucas Aventuras de Elvira” (2001).

Resumo
Data
Título
Elvira - A Rainha das Trevas
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.