ERA UMA VEZ EM TÓQUIO (1953)

Era Uma Vez em Tóquio | Tôkyô Monogatari | dir. Yasujirô Ozu | Japão | ★★★★

Era Uma Vez em Tóquio Poster

Este bonito filme do diretor japonês Yasujirô Ozu pretende restabelecer a importância dos laços familiares e chamar a atenção para os valores que nós mesmos construímos em relação aos nossos entes. Ozu, talvez por nunca ter se casado e viver toda a sua vida ao lado da mãe (hoje eles dividem até o mesmo túmulo), resolveu fazer essa obra de resgate sem se dar conta de que conseguiria tanto êxito em terras além-mar. “Era Uma Vez em Tóquio” demorou para ser descoberto e mais ainda para ganhar títulos de honraria. Na obra, acompanhamos o casal de aposentados Shukishi (Chishû Ryû) e Tomi (Chieko Higashiyama). Eles estão saindo de uma pacata cidade de interior para visitar seus filhos em Tóquio. Um desses filhos é um médico ocupado, casado e pai de dois filhos, a outra filha é uma cabeleireira casada, também muito atarefada. Por conta da falta de tempo e tentando evitar ao máximo os gastos com os pais, os filhos chegam a enviá-los para uma estação termal, mas os velhinhos se incomodam com o barulho do lugar e voltam mais cedo. Só daí eles percebem que estão incomodando mais do que sendo bem tratados. A única pessoa que os acolhe de forma genuína é Noriko (Setsuko Hara), viúva do filho de Shukishi e Tomi, que fora morto durante a Segunda Guerra. Não demora muito e eles decidem voltar para casa muito antes do previsto. Apesar de uma situação que pode chegar a ser revoltante, Ozu não pretende aqui condenar ninguém, o que já demonstra uma preocupação por parte do roteiro em respeitar seus personagens. Acredito que essa forma respeitosa até mesmo com os espectadores fez com que “Era Uma Vez em Tóquio” continue sendo tão cultuado até hoje. Totalmente anti-Hollywood, o cinema de Yasujirô Ozu é, de fato, uma grande crônica de ensinamentos morais que são levantados pelos sábios. Vale a pena conhecer.

Filmes Relacionados:

Uma Família em Tóquio (2013)

Resumo
Data
Título
Era Uma Vez em Tóquio
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.