FEIO E CEGA (2017)

Feio e Cega | Blind & Hässlich | dir. Tom Lass | Alemanha | ★★★★

41ª Mostra Internacional de São Paulo

Feio e Cega Poster

Feio e Cega entrou na minha programação da Mostra meio que por acaso. Na verdade, eu queria mesmo era pegar uma sessão no recém-inaugurado Instituto Moreira Salles, um lindo prédio localizado quase na esquina da Avenida Paulista com a Consolação. Para ser sincero, achei meio esquisito na organização de elevadores + escadas rolantes, mas talvez tenha sido um horário não tão conveniente. No entanto, mesmo que de encaixe, Feio e Cega é desses filmes que justificam um evento como é a Mostra, que às vezes, sem querer, nos proporciona a exibição de um filme muito prazeroso. Quem estava presente na sessão também era o diretor do longa, Tom Lass, que aqui no seu terceiro trabalho na função, ainda que também desempenhe a de ator. Aliás, é ele quem estrela este filme, interpretando Ferdi, um garoto bastante retraído, que está mais uma vez tratando os seus problemas relacionados à interação pessoal quase inexistente. Tenta conseguir uma namorada, mas como se vê é uma tarefa pra lá de difícil. Quando está prestes a se suicidar, conhece Jona (Naomi Achternbusch), uma estudante que abandonou a faculdade, brigou com a mãe, e partiu pra Berlim ficar em companhia da prima cega. E para conseguir morar no mesmo prédio projetado para deficientes visuais, ela passa a fingir ser cega. Ferdi e Jona passam a namorar, embora seja uma questão de tempo para que a verdade possa vir à tona. A melhor coisa de Feio e Cega é a maneira como a história é filmada, com cortes que resumem situações inteiras em questão de segundos. Quando Jona encontra a mãe por exemplo, são basicamente 3 tiros fundamentais: um tapa, um abraço e as duas logo estão sentadas, talvez depois de uma longa conversa. Isso sem falar no bom humor que garante à obra uma leveza que soa esquisita – no bom sentido, se é que dá para ser assim. Um tapa-buraco muito gratificante da Mostra.

Resumo
Data
Título
Feio e Cega
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments