FOI APENAS UM SONHO (2008)

Foi Apenas Um Sonhos | Revolutionary Road | dir. Sam Mendes | EUA | ★★★★

Foi Apenas Um Sonho Poster

Mais uma vez o diretor Sam Mendes – que aqui dirige sua então esposa Kate Winslet – discute a grande ilusão imposta pelo american way of life, o que já foi esmiuçado em seu trabalho de maior sucesso, o excelente “Beleza Americana” (1999). Mas o livro homônimo de 1961 do escritor Richard Yates tem uma atmosfera própria que valida “Foi Apenas Um Sonho” num filme muito bem alinhado, tecnicamente perfeito, e que traz um casal de atores no melhor momento de suas respectivas carreiras (onze anos depois do sucesso meteórico conquistado por ambos em “Titanic”).

Em meados da década de 50, Frank (Leonardo DiCaprio)  e April Wheeler (Kate Winslet) levam uma vida aparentemente perfeita. Eles vivem numa bela casa na Revolutionary Road do título original, uma das regiões mais nobres no subúrbio de Connecticut. Porém, Frank trabalha em um emprego do qual ele detesta e April se desilude de vez com sua carreira de atriz após o fracasso imediato de sua última peça. Se dando conta da infelicidade que foi instaurada em sua vida, April acredita que ela e o marido não deveriam se conformar pelo fato de serem pais e sugere a Frank abrir mão de tudo e partirem para Paris, um lugar dos sonhos, onde ela trabalharia como secretária enquanto o marido teria finalmente tempo para encontrar sua verdadeira vocação. As únicas pessoas com quem eles dividem o projeto é com um casal de amigos e a corretora da casa, a Sra. Givings (Kathy Bates), que tem um filho (Michael Shannon) prestes a sair de um manicômio.

A grande questão tocada a fundo pelo filme é em relação às amarras sociais que permeavam a década em que se passa a narrativa. A conversa em que April e Frank revelam aos seus amigos a intenção em ir para a Europa sem um plano muito convencional  comprova o estado de surpresa de quem os ouve. “Foi Apenas Um Sonho” é extremamente depressivo, mas capaz de suscitar uma questão relevante para a época, além de fazer possível prestigiar o talento de atores em trabalhos magistrais.

Resumo
Data
Título
Foi Apenas Um Sonho
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

5 Comentários

  1. Acho esse filme MUITO bom! Como você mesmo disse, o personagem do Michael Shannon é a pessoa mais sã ali.

    E a Kate deveria ter ganho o Oscar por esse e não pela chatice de O Leitor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *