FRANCES HA (2012)

Frances Ha | dir. Noah Baumbach | EUA | ★★★★

Frances Ha Poster

Apesar da premissa interessante e uma estética que o diferencia de outras produções indies, “Frances Ha” vem sendo exaustivamente comparado a um episódio mais longo da série de TV “Girls”. De fato, o filme tem suas devidas semelhanças com a série da HBO, mas é preciso reconhecer que tem seus próprios méritos, que são capitaneados pelo nome de Noah Baumbach liderando os créditos. A história é inteiramente centrada na personagem-título Frances (Greta Gerwig), mulher de 27 anos que tenta se virar pra custear sua vida em Nova York. Dançando numa importante companhia de dança que não garante uma grande renda, ela compensa seu esforço pra pagar o aluguel se divertindo em companhia de sua melhor amiga Sophie (Mickey Sumner), com quem divide apartamento. O conflito de Frances começa quando Sophie anuncia que está indo morar com outra amiga, deixando-a com um apartamento que não pode pagar sozinha. Infantilizada, insegura e não exatamente eficaz em tudo o que faz, Frances está num processo em que é forçada a pavimentar melhor seus planos, já que ver sua melhor amiga se casando é um choque de realidade dos mais intensos. Quem tem entre 25 e 30 anos (me incluo aqui) sabe dos desafios inerentes dessa fase da vida. Não podemos mais nos aventurar como gostaríamos. Falhar, então, deve estar fora de cogitação. Greta Garwin, a grande estrela do filme e co-roteirista ao lado de Baumbach, ganhou de vez o título de atual musa indie. Feito em parceria com uma produtora brasileira, a RT Features, “Frances Ha”, com sua aura em preto-e-branco, remete diretamente à nostalgia de “Manhattan” (1979) ou as desventuras mais célebres de Godard, sendo mais certo dizer que se trata de um herdeiro ilegítimo da nouvelle vague. Com tudo isso, fica mais fácil dizer que “Frances Ha” representa um frescor para o cinema atual, muito embora ainda esteja um tanto quanto distante de suas maiores pretensões.

Resumo
Data
Título
Frances Ha
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.