HANNAH E SUAS IRMÃS (1986)

Hannah e Suas Irmãs | Hannah and Her Sisters | dir. Woody Allen | EUA | ★★★★★

Hannah e Suas Irmãs Poster

Hannah e Suas Irmãs” é um drama cômico (está longe de ser uma comédia) que se tornou um dos maiores sucessos de bilheteria de Woody Allen. Com uma belíssima condução de roteiro, somos apresentados às três irmãs que conduzem a história. Hannah (Mia Farrow), a mais velha, é uma atriz teatral de sucesso casada com o galanteador Elliot (Michael Caine). Lee (Barbara Hershey), que está emocionalmente confusa por conta de um inesperado relacionamento com o marido de Hannah, a sua própria irmã. Por último, ainda tem a problemática Holly (Dianne Wiest), uma ex-viciada em cocaína que tenta encontrar talento para ser uma atriz da Broadway. Em meio a isso tudo, Woody Allen interpreta Mickey, ex-marido de Hannah. Ele – como todo hipocondríaco – se desespera pela chance de ter um tumor cerebral após perceber que está perdendo a audição em um dos ouvidos. Woody faz, portanto, um filme para si em meio à conturbada relação de Hannah e suas irmãs, sendo responsável pelo alívio cômico. Partindo para o lado mais dramático da coisa toda, “Hannah e Suas Irmãs” ressalta os riscos que o amor pode representar graças às armadilhas do nosso coração. Podemos ser felizes atualmente, mas, de forma inesperada, também podemos nos envolver com outra pessoa ou sermos vítimas de uma traição a ser chamada de “justificável”. Entretanto, a própria obra deixa transparecer que tudo pode ser uma questão de situações criadas. Nós somos totalmente responsáveis por nossos atos, mas o que nos empurra – ou nos contêm – são os acasos. Esses que nos levam ao imprevisível. Para terminar com uma curiosidade, em uma das cenas de Ação de Graças, algumas crianças que aparecem são realmente filhos adotivos de Mia Farrow (no filme ela é mãe de quatro). Uma dessas crianças é a coreana Soon-Yi Previn, que mais tarde se tornaria esposa de Woody Allen, numa polêmica relação que perdura até hoje.

Resumo
Data
Título
Hannah e Suas Irmãs
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

3 Comentários

  1. Ótimo!
    A cada filme que eu assisto do diretor, eu passo a gostar ainda mais de cinema.
    Parabéns pela resenha, já virei leitor assíduo aqui.
    Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *