HISTÓRIAS CRUZADAS (2011)

Histórias Cruzadas | The Help | dir. Tate Taylor | EUA | ★★

Histórias Cruzadas Poster

É estranho notar que um filme que tinha um potencial incrível possa ter se entregado a um direcionamento mais meloso. É uma pena, porque o projeto tem profissionais de peso, principalmente em seu elenco, e conta com uma história interessante, baseado no (único) livro de Kathryn Stockett (que eu desconheço). “Histórias Cruzadas” inicia, se desenvolve e termina com um único objetivo: focar na recepção dos mais dramáticos e conquistar acadêmicos.

Enquanto os EUA enfrentam ferrenhos movimentos pelos direitos civis durante os anos 60, a jornalista recém-formada “Skeeter” Phelan (Emma Stone) tenta ganhar a vida no mundo editorial em Nova Iorque. Ao voltar para sua cidade natal, a pacata e racista Jackson, no Mississipi, ela percebe um fato alarmante. As crianças do lugar passam sua infância sob os cuidados de babás negras e, anos mais tarde, essas mesmas crianças vão tratar as mulheres que o criaram (ou a raça delas) com o maior desdém. Sem as mesmas preocupações que tem suas amigas de infância – todas casadas, com filhos e mantendo suas empregadas em regime de quase escravidão – Skeeter, ainda mais estimulada pelos ideais de Martin Luther King, resolve escrever um livro contendo depoimentos das mulheres que sofrem com o preconceito dia após dia, como é o caso de Aibileen (Viola Davis) e Minny (Octavia Spencer).

De maneira exageradamente dual, as dondocas interpretadas por Bryce Dallas Howard e Anna Camp, por exemplo, possuem um ar maquiavélico que faz com que nos tornemos céticos com tanta maldade. É óbvio que eu não vou aqui dizer que o racismo que imperou por anos entre os americanos nunca tenha existido. Isso é um fato histórico, infelizmente. Mas até mesmo os vilões dessa fase merecem um tratamento mais “humanizado” nos cinemas, por mais difícil que isso possa parecer. Senão fica aquele clima de contos de fadas que não cai nada bem numa obra que deseja ser levada a sério. “Histórias Cruzadas” se desvirtua completamente do seu caminho mais provocador para cair num campo mais melodramático. Pelo visto, tem conseguido conquistar parte do que queria. Nesse caso, merece os parabéns. Mas a que preço?

Resumo
Data
Título
Histórias Cruzadas Poster
Avaliação
21star1stargraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *