JUNO (2007)

Juno | dir. Jason Reitman | EUA | ★★★★★

Juno Poster

A colegial Juno (Ellen Page) não poderia estar passando por uma situação mais difícil. Com apenas 16 anos, ela descobriu estar grávida de seu melhor amigo (Michael Cera) após uma única transa. Sem saber como lidar com a situação, ela cogita um aborto, que é logo descartado por conta da fatídica informação de que fetos já possuem unhas. Busca, então, um casal para quem possa doar a criança quando esta nascer, acreditando que, dessa forma, estará fazendo uma ação realmente altruísta. Até que ela encontra o anúncio dos recém-casados Mark (Jason Bateman) e Vanessa (Jennifer Garner) numa revista de classificados. Mas, para isso, Juno terá que contar o acontecido para seu pai (J.K. Simmons) e sua madrasta (Allison Janney). O roteiro de Diablo Cody é o grande coringa de “Juno”. Polêmica, a ex-stripper monta sua história baseando-se em suas próprias referências, o que confunde a própria Juno em alguns momentos, já que seria incabível uma garota de 16 anos ter uma língua ferina e as reflexões tão críticas quanto as que possui, ao mesmo tempo em que, querendo se dar conta de que Juno é uma personagem, Diablo tenta torná-la frágil e infantil em outros momentos. Juno pode até ter bom gosto cultural, mas também é insegura a ponto de dizer “eu não sei muito bem qual o tipo de garota eu sou“. Enquanto a personagem-título fica nesse meio termo entre a genial e patética, outras duas personagens me agradam bem mais. São os casos de Vanessa, interpretada com surpresa por Jennifer Garner, e Bren, a madrasta de Juno. Vanessa, por sinal, é a figura que mais cresce no filme, ganhando facetas mais surpreendentes e um final genuinamente emocionante. Seria ótimo se filmes como “Juno” surgissem mais vezes no cinema. É um exemplo extremamente pretensioso, mas é marcante. É aquela hora e meia que passa voando e, no final, sempre deixa feliz a quem assiste.

Resumo
Data
Título
Juno
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

11 Comentários

  1. iii rapaz, eu chorei um monte quando fui no cinema ver Juno.

    Apenas do Michael Cera interpretar ele sempre, o resto dos atores tavam muito bem.

  2. Adoro esse filme. Revendo, ele não me dá o mesmo encantamento da primeira vez, mas a história ainda é ótima. E Ellen Page deve ser a única que consegue me fisgar do modo mais inconvencional possível.
    Abraços.

  3. FILMAÇO!!!! Jason Reitman já tinha mostrado sua competencia no excelente “Obrigado por Fumar” mas, fiquei muito muito surpreso com aquela indicação ao OSCAR – adoro esse filme, e Ellen Page estava ótima.

  4. Já falei né? É um dos meus favoritos desde sempre. Gosto de tudo nesse filme, desde as atuações ao excelente roteiro de Diablo Cody.

    Pra mim, é um grande filme xD hehehe

    Abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *