LA LA LAND – CANTANDO ESTAÇÕES (2016)

La La Land – Cantando Estações ​|​ ​La La Land​ ​|​ ​dir.​ ​Damien Chazelle ​|​ EUA​ ​|​ ​★★★

Quem diria que seria neste Oscar que surgiria mais um recordista de indicações, se equiparando a exemplos como “Titanic” (1997) e “A Malvada” (1950). Ambos, junto com este “La La Land – Cantando Estações”, conseguiram acumular 14 indicações ao prêmio. O curioso é que o novo trabalho do diretor e roteirista Damien Chazelle – o mesmo do outro sucesso acadêmico recente “Whiplash – Em Busca da Perfeição” (2014) – também tem sido bem recebido pelo público. E acredito que o sucesso seja resultado de uma receita devidamente calculada. Não que seja um filme realmente memorável. Convenhamos: sendo bem otimista, não acho que daqui dois anos alguém vai continuar amando “La La Land” como hoje. Enquanto musical, tem muito a desejar. Como produto da geração atual se sai melhor. O romance é protagonizado por Mia (Emma Stone) e Sebastian (Ryan Gosling). Ela é uma atendente de cafeteria que sonha em se tornar uma atriz de sucesso. Ele é um músico que não gosta de tocar pianos por uns trocados e almeja abrir o seu próprio bar de jazz. Vivendo em Los Angeles, os dois irão se deparar com o dilema que é seguir o coração ou ser mais racional lidando com os fatos da vida. Parece algo profundo, mas nem é tanto assim. Eu gostei mais de “La La Land – Cantando Estações” do que eu imaginava gostar. Achei uma boa oportunidade de transmitir a homenagem ao gênero através de referências como “Cantando na Chuva” (1952), “A Roda da Fortuna” (1953), “Cinderela em Paris” (1957), entre outros. As cenas são bem filmadas, quase sem cortes e repleta de delineações que remetem ao resgate que pretende fazer. Por outro lado, é um puxa-saquismo quase insuportável para a indústria. É “O Artista” (2011) dessa nova leva. Dito isso, não há dúvidas de que é o grande filme da estação Oscar 2017.

 

Resumo
Data
Título
La La Land – Cantando Estações
Avaliação
31star1star1stargraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.