MANCHESTER À BEIRA-MAR (2016)

Manchester À Beira-Mar ​|​ ​Manchester by the Sea​ ​|​ ​dir.​ ​Kenneth Lonergan ​|​ ​[EUA​ ​|​ ​★★★★

Manchester à Beira-Mar PosterEu assisti ao “Manchester à Beira-Mar” sem ao menos me dar conta de que o diretor e roteirista Kenneth Lonergan é o mesmo que fez o ótimo “Conte Comigo” (2000) e também o quase incompreendido “Margaret” (2011). Não havia gravado mesmo o nome do cara da memória. O filme está entre os mais comentados do Oscar e estreou por aqui logo no início do ano. Marca também uma espécie de retorno de Casey Affleck, que já surpreendeu antes (já teve indicação ao Oscar de coadjuvante por “O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford”, de 2007) e está aqui excelente num personagem difícil, adotando duas personas muito diferentes em duas linhas narrativas. O título se refere à uma região da costa de Massachusetts, onde Lee (Casey Affleck) tem que retornar para tratar da morte do irmão Joe (Kyle Chandler). Além de lidar com o olhar um tanto quanto tanto intimidador dos moradores do local onde cresceu, Lee recebe a notícia de que será tutor de seu único sobrinho, o adolescente Patrick (Lucas Hedges). Aos poucos, vamos desvendado os motivos pelos quais os protagonistas é um homem reservado, e também o conflito que se dá ao ter que voltar ao lugar que está repleto de memórias nada agradáveis. “Manchester à Beira-Mar” é um filme pesado no que se refere aos dramas que assolam Lee, porém seria muito mais fácil torna-lo algo acachapante, desses repletos de choros desesperados. Porém o que se vê aqui são pontuais momentos de alívio cômico, que só funcionam graças à boa química que rola entre Casey Affleck e Lucas Hedges, talvez uma das maiores surpresas do elenco. Ele também está indicado ao Oscar, mas por ator coadjuvante (o filme acumula no total 6 indicações). Está aí um bom drama que soube muito bem abordar temas espinhosos sobre família e, principalmente, culpa.

 

Resumo
Data
Título
Manchester à Beira-Mar
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.