ME CHAME PELO SEU NOME (2017)

Me Chame pelo Seu Nome | Call Me by Your Name | dir. Luca Guadagnino | Itália | ★★★★★

Me Chame Pelo Seu Nome Poster

Esse ano eu quase não saí de casa para curtir o Festival Mix de São Paulo, um evento que celebra a cultura da diversidade com uma vasta programação cultural. E a boa notícia era que este ano as exibições cinematográficas teriam entrada franca. O único longa que me chamou atenção a ponto de enfrentar as concorridas sessões foi este Me Chame Pelo Seu Nome, do diretor italiano Luca Guadagnino, que foi praticamente uma unanimidade entre os críticos mundo afora – incluindo o último festival do Rio – e está cotadíssimo para o Oscar do ano que vem. Eu até subestimei a galera que queria ver o filme, chegando ao CineSesc duas horas antes da sessão, quando a fila já dobrava quarteirão. A minha sorte é que, como tenho a credencial do SESC, tive preferência para a distribuição de ingressos, enquanto a maioria do público “comum” da fila viu os ingressos esgotarem rapidamente. E muita gente ficou de fora. E quer saber? Qualquer espera valera a pena. Me Chame Pelo Seu Nome é uma delícia de filme. Não só por acompanharmos o poético romance entre o jovem judeu de 17 anos Elio (Timothée Chalamet) e o norte-americano mais velho Oliver (Armie Hammer). Tudo se passa no norte da Itália durante o verão de 1983. E é sob o lindo sol do mediterrâneo que surge esse romance inesperado – ambos os personagens podem ser considerados bissexuais -, porém genuíno na maneira como a história respeita o tempo para estabelecer tudo. A história, por sinal, foi escrita pelo premiado James Ivory, baseando-se no livro de Andre Aciman, publicado em 2007, que se estende bem mais na relação entre Oliver e Elio (parece que teremos uma sequência vindo por aí). Me Chame Pelo Seu Nome é irresistível, com direito a um diálogo de pai para filho que está entre os mais lindos que já pude presenciar no cinema. Excelente!

Resumo
Data
Título
Me Chame Pelo Seu Nome
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments