MEDIANERAS – BUENOS AlRES NA ERA DO AMOR VIRTUAL (2011)

Medianeras – Buenos Aires na Era do Amor Virtual | Medianeras | dir. Gustavo Taretto | Argentina | ★★★★★

Medianeras Poster

Medianeras – Buenos Aires na Era do Amor Virtual” é daqueles romances que adoramos nos deparar, que são feitos para salvar uma tarde de sábado e nos deixar com aquele sorriso bobo pelo resto do fim de semana. O título se refere àquela parte dos prédios onde não há janelas, sendo muitas vezes utilizadas para anúncios e grafites. A história se inicia como uma crônica urbana, onde os personagens se identificam com o lado “inútil” dos edifícios. E as surpresas não param por aí.

Por meio das primeiras narrações, conhecemos Martin (Javier Drolas), um web designer que vive trancafiado em sua kitnet.  Cheio de fobias sociais, ele acabou sendo um consumidor de tudo o que a internet possa lhe oferecer. Na mesma rua (porém sem nenhum vínculo), mora Mariana (Pilar López de Ayala), uma arquiteta por formação que ganha a vida como vitrinista. Depois de terminar um namoro de quatro anos, ela enfrenta as agruras de ser uma balzaquiana que não consegue se relacionar com outros homens. Esses dois personagens, tão diferentes quando apresentados um em seguida do outro, só tem em comum o fato de estarem com a depressão batendo a porta. Entre devaneios, tentativas de encontros, e transtornos particulares, Martin e Mariana são os porta-vozes de uma série de questionamentos comuns do cotidiano dos “ex-jovens”.

É duro nos atentar ao fato de que, de certa maneira, a internet, ao mesmo tempo em que nos dá a sensação de proximidade com uma infinidade de pessoas, pode ser a principal causa da relação cada vez mais fria em que são tratadas as relações humanas. Exemplos estão entre nós mesmos. Está cada vez mais difícil abstrair das redes sociais, interagir com nossos “amigos virtuais” de maneira presencial, tomando um café, indo ao cinema, acompanhando nas compras, enfim, programas reais. Mesmo sendo aluno de uma escola que está empanturrada de exemplos formulaicos por aí, “Medianeras – Buenos Aires na Era do Amor Virtual” consegue impor uma identidade própria de forma feliz. Tão feliz quanto nós ficamos após assistir essa verdadeira pérola herdada dos nossos hermanos.

Resumo
Data
Título
Medianeras - Buenos Aires na Era do Amor Virtual
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Um comentário

  1. Lindo, divertido, romântico na medida certa e excelente. Tive a felicidade de conferir no cinema quando estava em cartaz e, de pronto, sai recomendando o filme para muitas pessoas. Todos que me escutaram e correram atrás não se arrependeram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *