NUNCA FUI BEIJADA (1999)

Nunca Fui Beijada | Never Been Kissed | dir. Raja Gosnell | EUA | ★

Nunca Fui Beijada Poster

Não escondo de ninguém que sou uma espécie fanboy de Drew Barrymore. Por isso dia desses eu me dei conta de que vi “Nunca Fui Beijada” somente no ano em que foi lançado nas videolocadoras daqui. Ou seja, tem tempo e merecia uma revisita para confirmar aquilo que eu já desconfiava: visto hoje, o filme é bem fraquinho. Ainda assim, é uma ótima oportunidade para avaliar a mão que Drew tem como produtora, já que essa é a obra que deu início à sua própria empreitada, a Flower Films, que mais tarde lançaria títulos como “As Panteras” (2000) “Donnie Darko” (2001) e “Como Se Fosse a Primeira Vez” (2004). A atriz teve a audácia de interpretar Josie Geller, uma jornalista perfeccionista do Chicago Sun Times que recebe a missão do chefe de se passar por uma estudante do último ano colegial – mesmo tendo 25 anos – para fazer uma matéria sobre o que se passa no mundo dos jovens. Apesar da euforia inicial por finalmente receber tamanha oportunidade, Josie relembra suas dificuldades quando ela mesma passou pelo colegial, na qual era vítima de bullying e sem chances com os garotos. Na nova empreitada, ela contará com a ajuda do irmão, Rob (David Arquette), para conseguir se destacar entre os populares da escola. Logo vai chamar atenção do professor de literatura, Sam (Michael Vartan). O roteiro de “Nunca Fui Beijada” é totalmente incongruente. Não dá pra levar a sério a possibilidade de uma mulher se passar por uma jovem tão facilmente, um chefe de jornal que trata seus empregados como se fossem recrutas ou a adolescência da protagonista, que parece ter saído dos anos 80 quando na verdade seria uma cria da própria década em que vive. Sem contar a câmera escondida em forma de broche que deixa todos do jornal como se assistissem um reality show. MUITO improvável. Se “Nunca Fui Beijada” tinha a intenção de conquistar os jovens que empestearam as salas de cinema no verão de 1999, o que importa é que parece ter tido esse êxito. De resto, não dá pra levar a sério. Mesmo.

Resumo
Data
Título
Nunca Fui Beijada
Avaliação
11stargraygraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.