O ABUTRE (2014)

O Abutre | Nightcrawler | dir. Dan Gilroy | EUA | ★★★★

O Abutre Poster

Dos filmes que passaram despercebidos por mim ao longo do ano passado, talvez este “O Abutre” já desponte como um dos mais destacáveis. Correndo por fora na disputa pelo Oscar de melhor roteiro original, a estreia do roteirista Dan Gilroy na direção é uma crítica ácida ao sensacionalismo. Mas é daquelas quase irrefutáveis mesmo, tamanha a alimentação do sadismo público em detrimento da “informação em tempo real”. Se você se choca com assassinatos sanguinários visto em programas como Cidade Alerta e similares, “O Abutre” vai mostrar que não se trata de um fenômeno de terceiro mundo. Jake Gyllenhaal emagreceu mais de 15 quilos para encarnar Louis Bloom, um mau caráter que ganha a vida de pequenos golpes. Ao ver o trabalho de um nightcrawler (uma espécie de cinegrafista que vende imagens de crimes e acidentes para vender em canais de TV), ele decide comprar uma pequena câmera e começar o seu negócio. Ganha a confiança de uma diretora de telejornal (Rene Russo, esposa de Gilroy) e, com a ajuda de um assistente (Riz Ahmed), ficará ainda mais ágil em sua busca, a ponto de chegar a locais de chacinas antes mesmo da polícia. A ideia é: quanto mais sangue, mais suas imagens ficam valiosas. Gyllenhaal está insano. Seu rosto cadavérico e aquele olhar esbugalhado, quase sem piscar, acrescenta tanto ao seu personagem, que já economiza grande parte de texto e explanações em “O Abutre”. O filme por sinal tem uma interessante discussão entre o fator irrelevante que vem se tornando alguns “jornalistas” na sua incansável busca pelo sensacionalismo. Além disso, o longa é tenso na medida certa. Para se ter uma ideia, tem uma cena de abordagem policial que é de dar arrepio na nuca, isso porque inferimos que a natureza daquela história é trágica, obscura e, por mais inaceitável que possa parecer, aquilo é tudo muito crível. Uma pena que o final tenha sido um tanto quanto apagado, mas pelo menos passou longe de ser um conto moralista. O que para mim é ganho.

Resumo
Data
Título
O Abutre
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

2 Comentários

  1. É uma pena que apesar de tudo, Jake Gyllenhaal tenha sido ‘ignorado’ na premiação do Oscar, acho que merecia pelo menos uma indicação por mais que não tivesse condições de levar a estatueta pra casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.