O ANO EM QUE MEUS PAIS SAÍRAM DE FÉRIAS (2006)

O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias | dir. Cao Hamburger | Brasil | ★★★★

O Ano Em Que Meus Pais Saíram de Férias Poster

Eu ainda associo muito o nome de Cao Hamburger ao sucesso astronômico que ele atingiu com “Castelo Rá-Tim-Bum”, programa infantil exibido no início dos anos 90 na TV Cultura do qual, como criança na época, fui facilmente atingido. Mas nem tantas pessoas ainda lembram que em 2006 ele dirigiu esse “O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias“, que foi nosso representante na corrida pelo Oscar 2008 quando o público acreditava que a melhor escolha teria sido o sucesso “Tropa de Elite” (2007). Acho que ambos tinham potencial, mas o trabalho de Cao seria um pouquinho mais valorizado em relação à sua audácia em alinhar contexto histórico com um drama delicado e leve. No ano de 1970, o Brasil se encontrava no auge da ditadura militar. Mauro (Michel Joelsas) é um menino de 12 anos que é levado pelos pais (Simone Spoladore e Eduardo Moreira) para a casa do avô (Paulo Autran) para um período de férias. Fica implícito de que os pais de Mauro estão na verdade fugindo de oficiais do DOPS. Por azar do destino, o avô de Mauro morre no mesmo dia em que ele é levado pra lá. Logo Mauro é cuidado pelo vizinho do avô, um velhinho rabugento que o mantém sob seus cuidados em Bom Retiro, tradicional bairro paulistano que, na época, residia igualmente comunidades judaica e italiana. Nesse mesmo ano, o Brasil é o favorito a ser tricampeão na Copa de 1970, sediada no México. Dentro dessas referências políticas e culturais,“O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias” se destaca justamente por saber dosar essa relação entre um menino que só queria saber o porquê dos pais não voltarem para casa, o seu convívio com pessoas com costumes distintos e a sua paixão pelo futebol. O olhar infantil sob um assunto político sério já foi proposto, por exemplo, no ótimo “Persépolis” (2007), mas aqui se manteve um painel com bastante identidade nacional e até mesmo paulistana. Até mesmo a recriação histórica ganha destaque num trabalho que merece ainda mais público. Se não viu, veja!

Resumo
Data
Título
O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Um comentário

  1. Reconheço o valor artístico desta obra e a importância do assunto que ele discute e tudo mais, mesmo assim achei ele enquanto “filme” um tanto quanto chato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.