O CIDADÃO DO ANO (2014)

O Cidadão do Ano | Kraftidionten | dir. Hans Petter Moland | Noruega | ★★★★

38ª Mostra Internacional de São Paulo

O Cidadão do Ano Poster

 “O Cidadão do Ano” é um filme de ação norueguês bastante criativo, que marca mais uma parceria entre o diretor Hans Petter Moland e o ator Stellan Skarsgård, que vem desde “Zero Kelvin – Sem Limites” (1995). Na história, Stellan é Nils Dickman, um homem pacato que vive limpado a neve que se acumula nas estradas que dão acesso ao pequeno vilarejo onde vive. A estima dos moradores do local por ele é tamanha, que Nils chega a ganhar uma homenagem como cidadão do ano. No entanto, seu único filho é encontrado morto, aparentemente por overdose de heroína, ao que Nils descobre que na verdade ele foi vítima de uma emboscada envolvendo o narcotráfico local. Com sede de vingança, ele agora quer matar cada pessoa que teve algo a ver com o assassinato do filho, até chegar ao responsável maior, o perigoso Greven (Pål Sverre Hagen). Apesar dessa premissa fazer jus a um filme protagonizado por Steven Seagal, “O Cidadão do Ano” possui diferenças bem peculiares. A primeira e principal delas é o bom humor com que retrata toda essa situação, numa espécie de farsa que funciona para um público que se diverte com as sacadas do roteiro, afinal, trata-se de um homem comum que, sozinho, é responsável pelas divergências entre traficantes noruegueses e sérvios. As piadas envolvendo etnias, por sinal, não são poupadas, mas não chegam ao ponto de se tornarem gratuitamente ofensivas. Outro ponto interessante é a maneira como o roteiro encontra para humanizar todos os vilões, com direito à caprichos envolvendo alimentação vegana e um relacionamento homossexual, tudo muito bem encaixado na narrativa, puxando situações adversas. As mortes são todas contabilizadas (o nome do “morto” aparece junto ao símbolo de sua religião) só para nos dar uma ideia da quantidade de pessoas que são mortas pelas circunstâncias em um filme desse gênero. “O Cidadão do Ano”, que fora muito bem recebido no Festival de Berlim e acumula boas impressões por onde passa, talvez não demore muito pra ter seu remake hollywoodiano vindo por aí.

Resumo
Data
Título
O Cidadão do Ano
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Um comentário

  1. Pingback: O Cidadão do Ano - 2014 - Legendado - O Melhor da Telona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *