O HOMEM IRRACIONAL (2015)

O Homem Irracional | Irrational Man | dir. Woody Allen | EUA | ★★★

O Homem Irracional Poster

Já é uma tradição. Entra ano e sai ano, um novo filme do Woody Allen estreia nos cinemas e uma das certezas que tenho é que alguém vai vir me perguntar “E o filme novo do Woody?”. Curiosamente, minha ansiedade nunca é tamanha a ponto de comparecer às cabines de imprensa ou na semana de estreia. Deixo sempre a poeira baixar para só depois apreciar com o meu ritmo. Tem coisas boas e outras nem tanto a serem tiradas de “O Homem Irracional“, novo filme do mestre que se inicia sem a habitual trilha de jazz, ainda que com a mesma fonte de letras sobre um fundo preto. A trama é desenvolvida na cidade universitária de Newport, Rhode Island, ao invés da habitual New York. Enfim, fica algo de diferente nesse novo longa. E isso nem é necessariamente ruim. Abe Lucas (Joaquin Phoenix) é um professor de filosofia que está chegando num novo campus. Sua contratação gera euforia entre as alunas, já que as histórias relacionadas à Abe são muitas. Ele chama atenção da sua colega, Rita (Parker Posey), mas principalmente de Jill (Emma Stone), uma aluna que logo cria uma aproximação com ele. Após ouvir acidentalmente uma conversa relacionada a um juiz corrupto, Abe resolve arquitetar a justiça com as próprias mãos, uma decisão que ele diz racionaliza como uma forma de “tomar as rédeas da própria vida”. Todos nós sabemos que Woody Allen é um consequencialista convicto. E assim como já vimos em exemplos como “Crimes e Pecados” (1989) e, preferencialmente, em “Ponto Final – Match Point” (2005), o espiral de situações complicadoras que o nosso protagonista vai caindo fica tenso. É uma pena que “O Homem Irracional” gaste um bom tempo reduzindo a personagem da apaixonante Emma Watson (novamente no status de musa após “Magia ao Luar”) em repetições relacionadas ao amor platônico pelo professor, e a falta de pistas falsas que gerariam mais impacto na resolução da história. O polêmico final, que é de uma ironia ímpar, pelo menos não empalidece ainda mais “O Homem Irracional”, que não é ruim, apenas um trabalho menor de Woody Allen.

Resumo
Data
Título
O Homem Irracional
Avaliação
31star1star1stargraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *