O LOBO ATRÁS DA PORTA (2013)

O Lobo Atrás da Porta | dir. Fernando Coimbra | Brasil | ★★★★★

O Lobo Atrás da Porta Poster

Desde que ganhou destaque na última Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, fica difícil não manter certa expetativa, ainda mais quando me disseram que este é o filme que me faria repensar o título de “melhor filme nacional do ano”, que concedi para o igualmente interessante “Praia do Futuro” (2014). Ok, quem me disse isso estava certo. Se esta não for a melhor coisa do cinema tupiniquim que pude conferir esse ano nas telonas, fico inquieto em imaginar qual seria. Alguns podem sacar a referência de uma história sinistra que poucos podem fazer alusão. Entretanto, por motivos óbvios, eu prefiro não entrar em detalhes para não estragar o suspense contido no filme. “O Lobo Atrás da Porta” não entra em rodeios para dar seu ponto de partida quando Sylvia (Fabíula Nascimento) vai buscar a filha pequena na escola, mas esta já foi apanhada por uma desconhecida. O caso vai parar na delegacia, onde o delegado (Juliano Cazarré) responsável pelo caso interroga a principal suspeita pelo sequestro, a jovem Rosa (Leandra Leal), que logo descobrimos ser amante de Bernardo (Milhem Cortaz), pai da menina desaparecida. A narrativa vai tomando proporções interessantes, muitas vezes aliada a um roteiro muito bem amarrado e atraente, que pouco faz descaso da atenção do espectador. Mesmo com uma direção segura do estreante em longas Fernando Coimbra (vale a pena guardar esse nome) e a fotografia angustiante de Lula Carvalho (“Tropa de Elite”, “A Festa da Menina Morta”), o grande destaque de “O Lobo Atrás da Porta” é Leandra Leal e sua transformação de persona épica. Eu mesmo não lembro de ter visto uma dedicação tão contundente a um papel complexo como esse. Trata-se, enfim, de uma ótima oportunidade de conferir uma (excelente) prova de que o cinema brasileiro também pode dosar humor, drama e suspense como um passeio no parque.

Resumo
Data
Título
O Lobo Atrás da Porta
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.