O PODEROSO CHEFÃO II (1974)

O Poderoso Chefão II | The Godfather: Part II | dir. Francis Ford Coppola | EUA | ★★★★★

O Poderoso Chefão II Poster

Depois do sucesso irretocável de “O Poderoso Chefão” (1972), Francis Ford Coppola passou a ser insistentemente cobrado para dar continuidade à saga da família Corleone, baseado na novela de Mario Puzo. Deram até mesmo total liberdade para que o diretor fizesse o roteiro da maneira como julgasse necessário. Dois anos depois, é lançada a segunda parte da série, que só iria ser completada com “O Poderoso Chefão III” (1990). Aqui, nós acompanhamos duas histórias paralelas.

Na primeira, Michael Corleone (Al Pacino) dá continuidade ao império clandestino deixado pelo seu pai. Casado com Kay (Diane Keaton), ele tenta expandir os negócios da numerosa família até mesmo no exterior, como Cuba. Em meio aos meandros do crime organizado, ele tem que se esquivar das investigações criminalistas e das traições e tocaias que poderiam vir de dentro de sua própria família. Na outra história, somos levados à 1901, em Corleone, região siciliana da Itália. O pequeno Vito, com apenas nove anos, vê sua família dizimada por um poderoso chefe local. Ele é obrigado a fugir para a América, onde irá constituir família e, já nos anos 20 (agora interpretado por Robert De Niro), começa a sentir-se atraído pelo poder instaurado na máfia.

Quando um dia você se perguntar se já existiu a uma continuação melhor do que o filme antecessor, você pode pensar sem medo em “O Poderoso Chefão II”. Francis Ford Coppola soube como ninguém apresentar os personagens, que ganharam, acima de tudo, HU-MA-NI-ZA-ÇÃO. Não são vilões e muito menos mocinhos por essência. Os conflitos familiares existentes na história ajudam a dar elementos para que acreditemos nessa intermediação. Ver Kay falando que provocou um aborto só para não colocar mais um Corleone no mundo perfaz uma mise-en-scène impecável. Qualidades como roteiro afiado, direção segura e elenco pomposo, são presenças visíveis em “O Poderoso Chefão II”. Mas é difícil premeditar um porquê da sua imponência sobre tantos outros filmes. É utópico encontrar uma razão ‘x’ que confirme esse marco, pois, no cinema, tudo é um conjunto de fatores que o idealizador e seu espectador troca. Estamos aqui diante de um exemplo certeiro.

Filmes Relacionados:

O Poderoso Chefão  (1972)
O Poderoso Chefão III (1990)

Resumo
Data
Título
O Poderoso Chefão II
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *