O PORCO ESPINHO (2009)

O Porco Espinho | Le Hérisson | dir. Mona Achache | França | ★★★★★

O Porco Espinho Poster

Acabei descobrindo esse filme por acaso, ao fuçar na internet alguma coisa pra assistir e matar o tempo de uma tarde de sábado. Fiquei atraído pela interessante sinopse, que remonta uma adaptação feita pela então estreante Mona Achache, baseando-se no livro “L’élégance du Hérisson” (conhecido aqui como “A Elegância do Ouriço”), obra de 2006 da professora de filosofia Muriel Barbery. O que descobri, na verdade, foi um filme excelente, que não descontrai de uma forma escapista. Durante todo o tempo, “O Porco Espinho” tem uma aura provocativa que não tem como ficar isento das questões que cercam a protagonista mirim. E dessas questões, surge uma grata surpresa.

Paloma (Garance Le Guillermic) é uma retraída garotinha que mora em um prédio de classe média alta em Paris. Inteligentíssima e com um apurado senso de realidade, ela apresenta sua família com um leve tom de sarcasmo para um documentário que ela está filmando. O fato é que ela determinou que no dia em que completará 12 anos, ela vai cometer suicídio. Até lá, Paloma segue documentando sua vida (e a de todos que a cercam), ao mesmo tempo em que tenta descobrir o que é, de fato, a vida e em como ela pode ser tão trivial a ponto de não evitar a morte. Ela acaba construindo uma relação de proximidade com Renée (Josiane Balasko), a desconfiada zeladora de seu prédio. Paloma está inquieta justamente porque está questionando um fato iminente de nossas vidas: a morte.

Estar obcecada com isso a torna ainda mais pensante, fazendo com que insista na pergunta “O quão efêmera é a vida?”. Para Paloma, a vida nada mais é do que um aquário, onde estamos determinados a viver naquele espaço para, no final das contas, acabarmos em um saco plástico. Mesmo sendo tão difícil responder as questões de Paloma, ela acaba elaborando a sua própria filosofia. E é exatamente essa a saída que tanto deveríamos priorizar nas nossas vidas e na educação dos jovens, ainda na infância de cada um. “O Porco Espinho” é um ótimo exemplo a ser trabalho numa aula de filosofia para jovens.

Resumo
Data
Título
O Porco Espinho
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *