O QUARTO DO FILHO (2001)

O Quarto do Filho | La Stanza del Figlio | dir. Nanni Moretti | Itália | ★★★★

O Quarto do Filho Poster

Desde que assisti ao filme “Habemus Papam” (2011), eu havia ficado com o nome do diretor-roteirista Nanni Moretti na cabeça. Não conhecia praticamente nada do cara, mas já sabia que ele é um queridinho dos principais festivais mundo afora (muitos deles confiáveis, por sinal). Encontrei esse “O Quarto do Filho” a esmo pelas ofertas da internet e o vi na primeira oportunidade que tive. De fato, a minha boa impressão por Moretti permaneceu. Adorado por muita gente, o filme chegou a ganhar uma Palma de Ouro. Nanni Moretti interpreta Giovanni, um terapeuta tranquilo e muito solícito com seus pacientes. É casado com a bela Paola (Laura Morante) e tem dois filhos adolescentes, Irene (Jasmine Trinca) e Andrea (Giuseppe Sanfelice). Esse último, depois de ser acusado de roubar um fóssil da escola, acaba tendo uma maior aproximação do pai, que, por força de seu trabalho, acaba tentando analisar tudo o que envolve seu mundo.  Até que uma tragédia faz com que o próprio Giovanni tenha que reaver a sua capacidade de analisar as emoções alheia. Particularmente, eu prefiro não detalhar qual é a tragédia que encharca o filme, transformando-o em um grande libelo sobre dor, luto e apoio familiar. É certo que vez ou outra tenha um alívio cômico, com destaque para o paciente suicida que desenvolve um instinto de sobrevivência depois de descobrir ter um câncer em estágio avançado. Por outro lado, fico um pouco triste em dizer que “O Quarto do Filho” não me pegou completamente. Trata-se de um belíssimo trabalho, de uma sensibilidade ímpar, mas talvez eu tenha sido analítico demais ao reparar que o roteiro não se isenta nem mesmo dos lugares-comuns ao tema, embora por vezes seja necessário (o caso do casamento em crise depois de uma morte inesperada). Mas ainda continuo acreditando que Nanni Moretti ainda tenha potencial para ser mais um dos meus ídolos.

Resumo
Data
Título
O Quarto do Filho
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.