OH BOY (2012)

Oh Boy | dir. Jan-Ole Gerster | Alemanha | ★★★★

Oh Boy Poster

Esse “Oh Boy” estava na minha fila de filmes pendentes há eras. Não sabia exatamente o porquê, mas fui assisti-lo sem ter lido uma linha sobre ele sequer, mas lembrei que esteve em cartaz na Mostra de São Paulo do ano retrasado e, até hoje, permanece um mistério por nunca ter chegado até aqui. O fato é que me surpreendi positivamente com o filme, que só não me absorveu mais porque era quase impossível não compará-lo com outras homenagens à nouvelle vague, a obra-prima “Manhattan” (1979) e até mesmo o recente “Frances Ha” (2012), claro, guardadas as devidas proporções!

Isso porque nós iremos presenciar o cotidiano de Niko Fischer (Tom Schilling), que está enfrentando mais um caso de crise dos 26/27 anos. Ele abandonou o curso de Direito há dois anos e vive basicamente do dinheiro que seu pai lhe envia sem saber que o filho largou as cadeiras da faculdade. Vivendo numa vida boêmia na Berlim que o engoliu, Niko nos faz acompanha-lo nas andanças com o melhor amigo ator, o reencontro com uma colega de escola que quase cometera suicídio, o vizinho depressivo ou um beberrão numa mesa de bar que relata uma história impressionante.

A Berlim de “Oh Boy”, fotografada em monocolor, nos traz uma aura até mesmo fatalista, algo justificado pelo seu passado obscuro do nazismo. Não serão raros os momentos em que essa herança insolúvel será retratada com humanidade. Escrito e dirigido pelo estreante Jan Ole Gerster, o filme traz uma atuação consistente de Tom Schilling, que soube como ninguém transpassar um jovem com sérias dificuldades de entender aquele mundo que o cerca. Com sua fala pausada e olhar confuso diante das histórias que vivencia, Niko é um retrato do que nós mesmos passamos ao tentar viver numa megalópole que por vezes nos parece vazia. Não é a toa que os personagens de “Oh Boy” são todos muito solitários. A produção, que chegou a ser uma das mais premiadas na Europa ano passado, deve ficar pelo pântano dos downloads mesmo. Vale a pena procurar.

Resumo
Data
Título
Oh Boy
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *