PÂNICO 3 (2000)

Pânico 3 | Scream 3 | dir. Wes Craven | EUA | ★

Pânico 3 Poster

Eu mal lembrava de como “Pânico 3” é ruim. Não que os outros filmes da franquia – “Pânico” (1996) e “Pânico 2” (1997) – sejam obras de arte irretocáveis, mas pelo menos tinham humor e inteligência para brincar com os lugares comuns do gênero, ainda que conseguissem se estabelecer como escola para uma série de outros filmes que imitavam a dinâmica “serial killer que persegue adolescentes americanos”. Novamente dirigido por Wes Craven, dessa vez não contamos com Kevin Williamson no roteiro, sendo substituído por Ehren Kruger, que mais tarde escreveria, por exemplo, “O Chamado” (2002) e “A Chave  Mestra” (2005). Essa alteração pode ter sido responsável pelo resultado negativo em relação a esse trabalho. Dessa vez, Sidney (Neve Campbell) está escondida numa região rural trabalhando anonimamente enquanto lida com seus traumas. Enquanto isso, a série de filmes Stab, baseado no livro da repórter Gale Weathers (Courteney Cox) está com a sua terceira continuação sendo gravada, sob supervisão técnica de Dewey (David Arquette), um sobrevivente de Woodsboro. Após matar o conhecido Cotton (Liev Schreiber), o novo Ghostface irá aumentar o número de suas vítimas no set de filmagens até descobrir o paradeiro de Sidney. É preciso muita força de vontade para não levar em consideração cenas pastelão que envolvem cabos de faca batendo acidentalmente na testa de uma vítima ou a franja “WTF” de Courtney Cox. Temos que ver se “Pânico 3” consegue ao menos ser tão divertido quanto seus antecessores. As regrinhas para uma trilogia também são apresentadas, mesmo que fazendo uma manobra fajuta para manter a tradição.  Não vou nem entrar no mérito da grande revelação do assassino e se todas as pontas finalmente se amarram, pois aqui se encontra, de longe, a pior motivação para uma vingança. Tudo muito sem sentido e fortuito. Pelo fato da primeira versão do roteiro ter sido divulgada num dos primeiros vazamentos via internet que se tem notícia, acabaram optando talvez por uma alternativa ainda mais comprometedora. Por sorte, “Pânico 4” (2011) viria mais tarde para recuperar um pouco desse universo, porque “Pânico 3” não é digno de ser “último da série”.

Filmes Relacionados:

Pânico (1996)
Pânico 2 (1997)
Pânico 4 (2011)

Resumo
Data
Título
Pânico 3
Avaliação
11stargraygraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *