PÂNICO 4 (2011)

Pânico 4 | Scream 4 | dir. Wes Craven | EUA | ★★★

Pânico 4 Poster

Adolescentes sendo assassinados por serial killers com todo o arbítrio possível para escolher suas vítimas fizeram parte das salas de cinema durante a segunda metade da década de 90. Temos vários exemplos. Somente Kevin Williamson, roteirista desse “Pânico 4”, escreveu o primeiro filme da franquia, além de “Eu Sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado” (1997), “Prova Final” (1998) e “Tentação Fatal” (1998). Por conta disso, o filme possui uma interessante aura de nostalgia. E ver o trio de protagonistas originais sendo mantidos torna possível encarar essa nova sequência não só como um revival, mas como uma auto paródia escrachada que até funciona, se levada na mais pura diversão.

Sidney Prescott (Neve Campbell) não tem sossego mesmo. Após passar por apuros em sua adolescência, perdendo amigos e familiares por conta dos assassinatos em massa, ela volta à sua cidade natal, Woodsboro, para divulgar sua série de livros de autoajuda. Nesse mesmo período, é comemorado na região o aniversário de 10 anos dos ataques sangrentos do “Ghost Face”, que deram origem a uma série de filmes intitulados “Stab”, baseados nos livros da jornalista Gale (Courteney Cox), agora casada com o Xerife Dewey Riley (David Arquette). Sidney se hospeda na casa de sua tia, enquanto sua prima Jill (Emma Roberts) e suas amigas parecem estar em constante perigo com os novos casos de assassinato.

Tirar sarro de um gênero completamente desacreditado e não se levar a sério é muito fácil. Difícil é não cair nas próprias armadilhas. Talvez seja por conta disso que “Pânico 4” não se situe de uma melhor forma. Desde o primeiro “Pânico“, em 1996, as diversas referências e levas de homenagens aos filmes de terror juvenil garantiram ao filme de Wes Craven uma notória compensação, ao mesmo tempo em que a própria série funcionava também como mais um novo exemplar desse mesmo gênero. É possível se divertir com “Pânico 4”. Não se trata de uma maravilha, mas é bem sacado na maior parte do tempo, conciliando essa liberdade de brincar com os estereótipos.

Filmes Relacionados:

Pânico (1996)
Pânico 2 (1997)
Pânico 3 (2000)

Resumo
Data
Título
Pânico 4
Avaliação
31star1star1stargraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *