PÂNICO (1996)

Pânico | Scream | dir. Wes Craven | EUA | ★★★★

Pânico Poster

Pânico” é praticamente obrigatório numa empreitada em ver os filmes de terror que viraram febre na videolocadora em que alugava filmes perto de casa.. Dirigido pelo experiente Wes Craven (“A Hora do Pesadelo”, “A Maldição dos Mortos-Vivos”), o filme vai se utilizar de uma série de referências do gênero para atualizar a própria atmosfera do horror. O que é um grande acerto. Na pequena cidade de Woodsboro, o assassinato de um casal de estudantes deixa alunos de uma escola em polvorosa. Sidney (Neve Campbell), uma garota virginal que perdeu a mãe há pouco tempo, mal sabe que o suposto assassino está obcecado em matá-la. Entre o seu grupo de amigos, o que inclui o seu próprio namorado, as suspeitas recaem sobre a identidade do criminoso e a próxima vítima dele. Não demora muito para que Sidney tente relacionar as circunstâncias da morte de sua mãe com o que está acontecendo na cidade. E ainda tem de lidar com a midiática repórter Gale Weathers (Courteney Cox). O maior trunfo de “Pânico” é o escracho que retrata a sua própria natureza. A ironia está presente em quase todos os momentos, que vão desde as referências com títulos clássicos do horror – “Halloween – A Noite do Terror” (1978), “O Exorcista” (1973), “Sexta-Feira 13” (1980) e até “Psicose” (1960) – até a maneira como são apresentados os maiores clichês. Um determinado personagem diz que algumas das regras de sobrevivência para um filme de terror incluem “Você não vai sobreviver se tiver relações sexuais” e “Todo mundo é suspeito”, entre outros. Todo esse sarcasmo foi escrito por Kevin Williamson, um sujeito que sabia do poder que isso causaria na garotada em pleno final de ano norte-americano. O sucesso foi estrondoso, garantindo as sequências “Pânico 2” (1997), “Pânico 3” (2000) e “Pânico 4″ (2011). Não se importe com as incongruências da história, pois “Pânico” está muito mais interessado em nos divertir.

Filmes Relacionados:

Pânico 2 (1997)
Pânico 3 (2000)
Pânico 4 (2011)

Resumo
Data
Título
Pânico
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

3 Comentários

  1. Simplesmente o melhor!!!
    Se um dia Ghostfacer ligasse pra mim e perguntasse qual meu filme de terror favorito. Iria responder= É você mesmo kkk

  2. Realmente muito divertido e foi um filme que chegou, pelo menos para mim, no momento/idade certos.

    Além de toda essas homenagens aos clássicos do terror, o próprio final do filme que foi, na época e para mim ao menos, surpreendente, fizeram desta obra um dos meus filmes favoritos por muitos anos.

  3. Engraçado como certos filmes entram no nosso organismo e ficam pra sempre. SCREAM é um filme de terror, mas que virou mania nos anos 90 e acabou por mostrar que você pode ser inteligente, saber as regras dos filmes e mesmo assim, tornar-se um clichê ambulante e correr pela escada acima e não em direção a saída mais próxima. Adoro o roteiro do Kevin e a direção do Wes. Foi um casamento perfeito e feliz. Não importa a época que esse filme seja visto, ele continua prendendo com a boa história que possui. Um dos meus filmes, se não o meu favorito do gênero, na vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.