PARA SEMPRE ALICE (2014)

Simplesmente Alice | Still Alice | dir. Richard Glatzer, Wash Westmoreland | EUA | ★★★

Simplesmente Alice Poster

Estão dando como certo o próximo Oscar de melhor atriz para Julianne Moore com esse “Para Sempre Alice“. Não duvidaria disso, afinal já saíram algumas nomeações para ela, que, na minha opinião, pode vencer muito mais pelo conjunto da obra do que pelo melhor trabalho do ano. A campanha está pesada e tem nomes ainda mais merecedores, o que conta até ela mesma, que está impecável em “Mapas Para as Estrelas”, com o qual saiu vitoriosa em Cannes. “Para Sempre Alice” é simples demais, tem jeitão de filme produzido pela HBO e dá aquela sensação de ter sido revisto outras tantas vezes, já que a temática não está lá muito longe dos recentes “Longe Dela” (2006) e “Amor” (2012). Mas também não chega a ser um desastre. Baseado no livro da neurocientista Lisa Genova – que se inspirou em um de seus professores de Harvard -, vamos acompanhar o drama da linguista Alice Howland (Julianne Moore), uma professora renomada da Universidade de Columbia que, de repente, esquece algumas palavras e o caminho de volta pra casa. A consulta com um médico lhe dá um diagnóstico trágico: Alice tem Alzheimer aos 50 anos por motivos genéticos. Seu marido (Alec Baldwin) e filhos tentam lidar com a situação de maneira harmoniosa, mas a doença de Alice a aproximará ainda mais de Lydia (Kristen Stewart), a caçula que tenta ser atriz em Los Angeles. Todo o processo de deterioração mental da protagonista é respeitado pela dupla de diretores Wash Westmoreland e Richard Glatzer (este possui ELA e entende como ninguém a impossibilidade de comunicação). O drama de Alice não se limita em esquecer palavras, mas aos poucos o não reconhecimento de si mesma e do mundo que a cerca. Não é a toa que “Para Sempre Alice” acaba justificando o fato da professora estar insistentemente assistindo seus vídeos familiares. O filme serve para macular Julianne Moore como uma atriz completa.

Resumo
Data
Título
Simplesmente Alice
Avaliação
31star1star1stargraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.