POUCAS E BOAS (1999)

Poucas e Boas | Sweet and Lowdown | dir. Woody Allen | EUA | ★★★★★

Poucas e Boas Poster

Assim como acontece com “Poderosa Afrodite” (1995), “Poucas e Boas” está entre meus filmes preferidos do Woody Allen. Gosto da obra porque considero um incrível estudo de personagem. É impressionante como nos condescendemos com um homem do qual não esconde o fato de ser um crápula machista e egocêntrico, mas que, por outro lado, recebe um tratamento tão humanizado por parte do roteiro, que acaba se tornando um personagem rico sob os mais diversos aspectos. Esse personagem é o guitarrista de jazz Emmet Ray (Sean Penn). Apesar de ser fictício, ele é apresentado como uma lenda viva da música e ganha depoimentos repletos de detalhes, entre os quais estão as revelações do próprio Allen. Vivendo na Nova York do começo da década de 20, ele ganha sua vida das formas mais diversas do submundo, o que inclui até fazer bicos como cafetão. Sua vida muda consideravelmente quando conhece a lavadora Hattie (Samantha Morton), uma adorável muda com quem se relaciona por alguns anos. Assumidamente hedonista, Emmet se dará conta do amor que sente por Hattie somente quando a pretere pela femme fatale Blanche (Uma Thurman), que na verdade só se interessa por homens que não sabem lidar com a própria instintividade. O mais bonito em “Poucas e Boas” é justamente o arco do seu personagem central em evidência com a ideia mais elaborada sobre o amor, não só sentimental, como o artístico também. O artista, por si só, detém uma falta de sincronia perante o mundo que o cerca e, exatamente por isso, é difícil encontrar alguém que enxergue esse isolamento. Sean Penn e Samantha Morton, ambos num dos melhores papéis de suas carreiras, conseguiram indicação ao Oscar, mesmo passando longe de faturar o prêmio. Com uma reconstituição de época impecável, “Poucas e Boas” nem precisou de muito trabalho pra se configurar entre meus preferidos do selo Woody Allen.

Resumo
Data
Título
Poucas e Boas
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *