PREDADOR 2 – A CAÇADA CONTINUA (1990)

Predador 2 – A Caçada Continua ​|​ ​Predator 2​ ​|​ ​dir.​ Stephen Hopkins ​|​ ​EUA​ ​|​ ​★★

Predador 2 PosterAgora foi a vez de ver “Predador 2 – A Caçada Continua”, o que me gerou muito interesse para saber o que estaria por vir. O primeiro filme é bem mediano, muito mais divertido do que precisamente algo que possa ser levado a sério. Se antes a origem do tal Predador foi surrupiada à irrelevância, nesse segundo filme são dadas mais pistas para responder a essa questão. Até porque não teria como uma segunda produção ficar imune quanto a isso. Foi também uma boa ideia tirar a trama da floresta e ir para a cidade, o que torna as coisas muito mais ágeis. Quem não concordou foi Arnold Schwarzenegger, que não quis reprisar o seu papel feito no primeiro longa por não ter gostado das mudanças significativas no roteiro, além de não ter aprovado a escolha do diretor Stephen Hopkins (“A Hora do Pesadelo 5 – O Maior Horror de Freddy“, “A Sombra e a Escuridão”). O que mais me impressionou foi ter descoberto que esse mesmo diretor nasceu na Jamaica. E quem já viu “Predador 2 – A Caçada Continua”, sabe que a fita não é lá muito conhecida por tratar os personagens jamaicanos sem caricatura. Os jamaicanos, na história, brigam pela hegemonia do tráfico de cocaína com os colombianos na L.A. de 1997. No meio dessa luta sangrenta de, está o tira Mike Harrigan (Danny Glover), que pouco imagina que irá lidar não só com a violência, mas com a chegada do temível Predador. O clima futurístico de “Predador 2” parece ter sido diretamente influenciado por “RoboCop – O Policial do Futuro” (1987) com suas delegacias superlotadas e noticiários que mais parecem esquetes de programas humorísticos. O tom cartunesco é justamente a melhor decisão para um filme como este, deixando de lado qualquer possibilidade de se tornar memorável. É no máximo para rir com Danny Glover.

Filmes Relacionados:

O Predador (1987)
Predadores (2010)

Resumo
Data
Título
Predador 2 - A Caçada Continua
Avaliação
21star1stargraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.